Política

VIOLÊNCIA POLICIAL

Polícia Militar age de maneira truculenta contra militantes do Movimento Nacional de Luta pela Moradia

Neste domingo (15), uma ocupação por moradia em Palmas (quadra 905 sul) foi atacada pela Polícia Militar de Tocantins e, nessa ação, um membro da Juventude do PT foi intimidado e detido, junto a outras pessoas do movimento.

segunda-feira 16 de setembro| Edição do dia

Conforme a Juventude do PT declarou, a área é um terreno público que já era destinado a habitações populares, mas que se encontra com as obras paralisadas no momento, mesmo com a verba liberada. Esse descaso do poder público levou o Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM) a ocupar pacificamente o espaço.
A polícia deteve Guilherme Barbosa, secretário Estadual da Juventude do PT e diretor da UNE (União Nacional dos Estudantes), e sua mãe Eutália, secretária de Organização do PT-TO, além de outros militantes do movimento.

Em vídeo divulgado na página da Juventude, é possível ver a intimidação e agressão policial. Após ficarem horas detidos, foram enfim liberados e agora respondem às acusações em liberdade.

Mais uma vez a violência estatal se volta contra os movimentos sociais. Ações violentas e arbitrárias como essa, que têm sido mais frequentes na medida em que aumenta o autoritarismo do regime, disfarçam que o Estado é responsável pela falta de políticas públicas de moradia e usa do seu aparato para reprimir as manifestações populares, que se levantem contra esse fato, mesmo se tratando de ocupações pacíficas, como essa.

Nosso repúdio à ação da Polícia Militar, que nada mais é do que o braço armado do Estado e está contra os interesses da classe trabalhadora! Não se pode aceitar repressão contra uma luta por um direito tão elementar que é o de moradia e também não é admissível que parte da classe trabalhadora não tenha sequer essa demanda suprida.

O vídeo pode ser assistido no link, da onde foi tirada a foto de capa: https://www.facebook.com/kizombame/videos/802299230186515/UzpfSTM5NDU0NjA2MDU1NTU3MzoyNzg3MzAxNDg0NjEzMzQw/




Tópicos relacionados

Movimentos Sociais   /    violência policial   /    Política

Comentários

Comentar