Educação

CORONAVÍRUS

Devido à irresponsabilidade do governo estadunidense, 97 mil crianças são infectadas pela COVID-19

Nos EUA, cerca de 13 mil distritos escolares retomam as aulas presenciais, expondo crianças e professores ao vírus, ocasionando em dezenas de milhares de crianças contaminadas em apenas duas semanas.

segunda-feira 10 de agosto| Edição do dia

Nos EUA, cerca de 13 mil distritos escolares retomam as aulas presenciais, expondo crianças e professores ao vírus, ocasionando em dezenas de milhares de crianças contaminadas em apenas duas semanas.

Segundo dados coletados pela universidade Vanderbilt, nas últimas duas semanas de julho, 97 mil crianças foram infectadas pelo novo corona vírus. A universidade é financiada pelo Estado e desenvolve kits de testes, enviados às casas dos estudantes junto com instruções sobre como realizar a coleta do material para análise.

Algumas escolas, na tentativa de garantir a segurança dos alunos, investiram em barreiras de proteção, materiais de desinfecção e medição da temperatura na entrada. Entretanto, para chegar à escola, os alunos pegam ônibus e metrôs lotados, ficando expostos à contaminação, apesar das precauções.

O país já teve 5 milhões de casos confirmados e mais de 162 mil mortes até agora, mesmo assim, os governantes insistem na reabertura dos comércios e das escolas, defendendo uma “volta à normalidade”. Isso demonstra, claramente, o descaso e a negligência dos capitalistas com as vidas dos trabalhadores e de seus filhos, enviados para a morte diariamente.

Sem debater com os educadores e com a comunidade escolar, os Estados Unidos implementaram o ensino à distância às pressas, escancarando desigualdades de acesso à internet em um dos países mais tecnológicos do mundo, além de ter enfrentado dificuldades com relação ao preparo técnico e emocional de estudantes e docentes. Agora, da mesma forma, tentam reabrir as escolas e colocam a saúde da população em um risco ainda maior.

Nesse sentido, é importante observar que, de acordo com as pesquisas realizadas pelo JAMA Network, crianças com menos de 5 anos com COVID-19 leve têm grandes quantidades de material genético do vírus na nasofaringe e podem contribuir bastante para a transmissão do SARS-CoV-2 na população geral.

Tudo isso deve ser colocado sobre responsabilidade da irracionalidade dos capitalistas, pois colocam seus lucros acima da vida da comunidade estudantil, engordando seus bolsos e matando a classe trabalhadora. Para combater a atual crise sanitária, econômica e política com independência de classe, é preciso defender a organização de estudantes, educadores e funcionários em conselhos e assembleias, onde podem decidir quando e em quais termos deve haver o retorno às aulas e como deve ser estruturado o ensino remoto. Temos que nos opor a todas as medidas de precarização e de terceirização, que colocam nossas vidas em jogo, nos unindo contra o sistema capitalista falido e podre.




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Educação

Comentários

Comentar