×

7 de setembro | Letícia Parks: "Ameaça golpista de Bolsonaro é para fazer Brasil voltar na época da Casa Grande"

No 7 de setembro o bolsonarismo se prepara para atos golpistas e reacionários na tentativa de fortalecer Bolsonaro e as suas políticas racistas que perseguem os jovens e trabalhadores da periferia.

terça-feira 7 de setembro | Edição do dia

Bolsonaro nunca escondeu o caráter racista de suas políticas que, além de perpetuar a exploração do trabalho negro em condições de trabalho quase análogas à escravidão, também fortalecem a polícia que mata jovens negros da periferia todos os dias.

Além disso, Bolsonaro ainda ataca a demarcação de terras indígenas junto a declarações explicitamente racistas, deixando claro que a intenção do regime e seu governo é a exploração cada vez maior das terras dos povos originários e a extinção dos seus direitos.

- O que esperar dos atos bolsonaristas do dia 7?

No 7 de setembro, o bolsonarismo convoca atos e faz suas ameaças golpistas na tentativa de calar os trabalhadores negros e os indígenas. As forças de resistência do movimento negro e do acampamento indígena em Brasília contra o marco temporal são uma ameaça ao governo Bolsonaro e as suas políticas racistas e reacionárias: é se inspirando nelas que a classe trabalhadora e a esquerda deve combater a extrema-direita e ocupar as ruas para revogar as reformas, ataques e privatizações e lutar por uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana.

Leia também: Enfrentar ameaças golpistas no 7/9 ocupando as ruas com as organizações dos trabalhadores e a esquerda




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias