Mundo Operário

Chapa 2: Nossa Classe repudia Reforma da Previdência Estadual de Dória

Declaração da Chapa 2: Nossa Classe que concorre nas eleições do sindicato dos trabalhadores da USP nos dias 27 e 28 de novembro.

sexta-feira 22 de novembro de 2019| Edição do dia

O governo de João Doria entregou na semana passada na Alesp um projeto de reforma da previdência estadual para ser aprovada ainda esse ano. Em consonância com Bolsonaro, Doria avança contra os servidores autarquicos, aumentando a idade mínima de aposentadoria para homens de 60 para 65 anos e para mulheres de 55 para 62 anos. Também quer aumentar a alíquota de contribuição, que hoje é de 11%, para 14%.

Esse ataque brutal ao funcionalismo estadual é parte dos ataques dos governos e dos patrões para descontar em nós a crise que eles criaram.

Na USP os principais atingidos por essa reforma do Dória serão os docentes e uma parcela dos funcionários (estatutários).

No entanto, esse ataque se soma a reforma da previdência de Bolsonaro e ao Pacotão de Paulo Guedes, que coloca um alvo sobre todo o funcionalismo público e sobre direitos essenciais da população, como saúde e educação, para desferir mais cortes em nome de pagar a dívida pública.

Essa dívida ilegal, ilegítima e fraudulenta é uma verdadeira bolsa banqueiro que enriquece os empresários ao custo da precarização do trabalho e da vida da população.

Precisamos exigir das centrais sindicais como a CUT, dirigida pelo PT, a CTB, dirigida pelo PC do B um verdadeiro plano de lutas para barrar a reforma da previdência de Doria e o Pacotão de Guedes e Bolsonaro e revogar todos os ataques, como a reforma trabalhista e da previdência.

Nós, da Chapa 2: Nossa Classe nos colocamos como parte dessa batalha, buscando fortalecer a unidade entre os trabalhadores para que sejam os capitalistas a pagar pela crise!

- Para saber o conjunto das ideias defendidas pela Chapa 2, acesse: Chapa 2 Nossa Classe: Em defesa do Sintusp, da educação e dos trabalhadores

- Curta a página no Facebook e siga no Instagram para acompanhar a campanha!




Tópicos relacionados

Eleições SINTUSP   /    Governo Bolsonaro   /    SINTUSP   /    João Doria   /    Reforma da Previdência   /    USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar