×

Chacina em São Gonçalo | 8 mortos na chacina do Salgueiro foram atingidos por 42 tiros de fuzil na cabeça e no tórax

Necropsia feita nos corpos dos oito assassinados a durante a chacina policial no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ), mostram que as vítimas foram atingidas por tiros de fuzil na cabeça e no tórax. Os laudos dizem que eles levaram 42 tiros no total. A covardia e barbaridade da PM e do Bope mais uma vez mostram que não têm limites, ocorrendo apenas dois dias depois do dia da Consciência Negra.

quarta-feira 24 de novembro | Edição do dia

Imagem: Marcia Foletto / Agência O Globo

Os exames do IML (Instituto Médico-Legal) apontam que Ítalo Georde Barbosa levou sete tiros, principalmente na cabeça. Elio da Silva Araujo foi atingido por três tiros, sendo um na cabeça e dois no tórax. Carlos Eduardo Curado de Almeida levou sete disparos, principalmente na cabeça e no tórax. Já David Wilson Oliveira Antunes morreu com um tiro na cabeça.

Veja também: Moradores do Complexo do Salgueiro relatam festa da PM em piscinas antes e depois de chacina

Rafael Menezes Alves foi atingido por seis disparos de fuzil, sendo um na cabeça, três no tórax e dois no braço. Igor Costa Coutinho levou três tiros, um na cabeça, um no braço e um no glúteo. Kaua Brener Gonçalves levou nove, dois no tórax, três na perna e um no abdome. Já o homem que ainda não foi identificado foi atingido por seis disparos, sendo um na cabeça, três no tórax e dois no braço.

Veja mais: Homem foi tirado de casa para ser executado em chacina, contrariando versão da PM racista

A Polícia Civil diz que projeteis foram encontrados nos corpos de três das vítimas. Os objetos foram arrecadados e passarão por confronto balístico.

Veja também: 2 dias depois da Consciência Negra, mães retiram seus filhos mortos no Salgueiro

A covardia e barbaridade da PM e do Bope mais uma vez mostram que não têm limites, ocorrendo apenas dois dias depois do dia da Consciência Negra. Nós do Esquerda Diário nos solidarizamos com cada mãe, parente e amigos das vítimas dessa chacina. É preciso lutar para acabar com as operações policiais na favela e defender o fim da polícia, nos inspirando na luta do Black Lives Matter nos EUA, pois essa instituição reacionária tem o racismo no seu DNA, e serve para amontoar corpos dentro das favelas, para garantir a miséria e a marginalização do povo negro, com o objetivo de garantir os interesses da burguesia e da elite escravocrata.

ED comenta | Chacina no Complexo do Salgueiro 23/11:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias