PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO

Reino Unido lança privada que expulsa trabalhador para aumentar produtividade do trabalho

A privada tem uma inclinação que após cerca de 5 minutos causa uma tensão que faz a pessoa sentir dor nas pernas e se levantar. O objetivo, segundo o fabricante é aumentar a produtividade nas empresas.

quarta-feira 18 de dezembro de 2019| Edição do dia

Vemos cada dia mais absurdos nas novas formas de exploração do capital e as vezes nos parece que estamos vivendo ficções pensadas como alegorias para denunciar problemas sociais. Entretanto parece que o capital resolveu ser mais direto mesmo, sem se importar muito em registrar mais algumas páginas de atrocidades vergonhosas na história da humanidade em troca de reduções de curvas de ociosidade.

A nova grande invenção inglesa para contribuir com isso é a StandardToilet, que acaba de ser lançada, em Staffordshire, uma privada com uma inclinação de 13 graus que, após cinco minutos, faz o trabalhador começar a sentir dor nas pernas e o obriga a se levantar. O objetivo, segundo o fabricante é aumentar a produtividade nas empresas. O artefato, foi criado por uma empresa de mesmo - criativo - nome (StandardToilet) e tem o apoio da British Toilet Association (BTA), um grupo que faz campanhas para melhores instalações de banheiros em escritórios e espaços públicos. Mas apesar da aplicabilidade nos espaços públicos parece que o grande interesse está na aplicação em escritórios e empresas, pois eles acreditam que pode reduzir o tempo dos funcionários nos banheiros e assim aumentar a produtividade do trabalho.

Vejamos nas palavras de um desses grandes homens preocupados com o futuro da humanidade:
“Estima-se que, somente no Reino Unido, a interrupção prolongada de funcionários custe à indústria e ao comércio US $ 4 bilhões por ano”, afirma o diretor da empresa, Mahabir Gill. Além disso o empresário liga sua grandiosa invenção as novas tendências de contratos intermitentes, pagos por hora de trabalho, em que cada segundo que um trabalhador esteja a serviço de suas necessidades é um custo a mais para as necessidades da empresa: “Com o advento de contratos flexíveis de zero hora, é fácil ver por que nosso StandardToilet pode ser um trunfo para uma empresa”.

A sede de lucratividade dos capitalistas gera também humilhações extremas. Hoje em dia as humilhações nos controles das pausas para banheiro em Call Centers e diversos outros ramos das empresas privadas é de um absurdo sem tamanho contra a dignidade dos trabalhadores. Essa invenção realmente parece uma piada de mau gosto, parece uma cena de filme do Charles Chaplin, ou coisa do tipo. Entretanto coisas bastante parecidas nós já vemos nos espaços públicos enquanto corremos de um lado para outro dos centros urbanos, indo ou voltando do trabalho, escolas ou faculdades. É extremamente comum vermos canteiros com espinhos, muretas com pedras pontiagudas e todo tipo de obstáculo para impedir que... "vagabundos" queiram descansar por ai de graça, queiram se proteger da chuva ou das noites frias as custas da estrutura construída com tanto esforço e inteligência administrativa dos grandes CEOs de bancos como o Itaú. O capitalismo não pode permitir oportunidades de lucro e extração de mais valia negra esparramadas em frente as suas fachadas de vidro, jogados por aí. "Hoje em dia só não trabalha quem não quer!" "Os desempregados precisam pegar suas bicicletas e fazer por onde, aproveitar essas novas tecnologias que proporcionam oportunidades de renda onde ele próprio pode ser seu próprio patrão. Então, coloquemos espinhos!"




Comentários

Comentar