Internacional

ELEIÇÕES ARGENTINA

Argentina: a Frente de Esquerda renova seus dois assentos na Legislatura de Neuquén

Nas eleições em que as quatro primeiras forças obtiveram 90% dos votos, a esquerda aumentou sua votação em relação às eleições provinciais de 2015 e manteve os dois assentos no Legislativo.

segunda-feira 11 de março| Edição do dia

O dirigente do Partido Socialista dos Trabalhadores na Frente de Esquerda e operário ceramista de FaSinPat, Raul Godoy, disse que, no contexto de "uma eleição apertada, a esquerda se consolidou como uma alternativa anticapitalista para milhares de mulheres, trabalhadores e jovens que sabem que nossos deputados e deputadas estarão nas ruas e na legislatura defendendo os direitos das mulheres, dos trabalhadores e da juventude."

Em uma eleição em que se votou em Governador e legisladores, e onde nas últimas semanas houve uma polarização entre MPN (governo atual há anos) e o kirchnerismo, incentivada pelo governo nacional, a FIT renovou seus dois assentos na Legislatura Provincial. Obteve 6,21% de votos na categoria de deputados e volta a conquistar dois lugares que estarão a serviço da classe trabalhadora e do povo.

A Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT) defenderam seu espaço político, que já é expressão de todos os setores combativos e de luta da província, do movimento de mulheres, dos trabalhadores da educação, dos trabalhadores e trabalhadores do Parque Industrial, petroleiros e jovens.
Veja a entrevista com Raul Godoy

Raul Godoy, que era candidato a governador da província de Neuquen, depois de ter sido da legislatura provincial, disse que a campanha militante da Frente de Esquerda foi "em uma eleição difícil, na província de Vaca Muerta, onde partes dos patrões fez uma campanha obscena com milhões e milhões de pesos, conseguimos manter os assentas operários e socialistas". Vaca Muerta é o depósito de óleo de xisto mais importante do país e no qual operam as principais companhias petrolíferas nacionais e estrangeiras, obtendo milhões em lucros. Isto significou que, no contexto da crise económica nacional, Neuquén é uma província que, embora tenha muitas desigualdades, têm sofrido menos o impacto da crise nacional e que os principais candidatos contam com muito dinheiro a partir do lobby do petróleo que garante o seu negócio (Começando com o popular Movimento Popular Neuquino, que governa desde os anos 60).

Precisamente por ser a província de "Vaca Muerta", a desigualdade social é brutal, com os setores de nichos de consumo de alta renda, hotéis de luxo cinco estrelas que contrastam com bairros pobres, jovens com empregos absolutamente precários, e os trabalhadores de saúde e educação que vivem sob ataques e com salários que não cobrem a cesta básica.

Neste contexto Godoy disse que "os assentos conquistados pela Frente de Esquerda são para todos os trabalhadores do Parque Industrial, professores e da saúde, têxteis, madeireiros, para trabalhadores ceramistas e para as mulheres e os jovens em Neuquén que são marginalizados e perseguidos e permanentemente hostilizados por esta política a serviço das companhias petrolíferas".

Por sua parte, a deputada eleita Patricia Jure disse que conseguir defender os dois assentos em um quadro de polarização entre o MPN e kirchnerismo "é uma vitória não só para a FIT, mas para todos os trabalhadores, mulheres e jovens."

O ceramista Andres Blanco, segundo deputado eleito, disse que assume "o desafio de substituir meu companheiro Raúl Godoy, que voltará a trabalhar na fábrica quando seu mandato terminar" e acrescentou: "Somos trabalhadores que fazem política e nossos assentos vão estar a serviço das lutas dos trabalhadores ".

Veja a conferência de imprensa:


Tópicos relacionados

Raúl Godoy   /    PTS   /    Argentina   /    Eleições na Argentina   /    PTS na FIT   /    Internacional

Comentários

Comentar