Política

RIO GRANDE DO SUL

Sartori paga apenas R$650 dos salários e deixa trabalhadores do RS na miséria

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori paga nesta segunda (31) a parcela miserável de R$650,00 do salário dos trabalhadores do serviço público estadual. São mais 340 mil trabalhadores e trabalhadoras recebendo menos que um salário mínimo na data em que deveriam receber seus salários, com o 20º parcelamento desta gestão.

segunda-feira 31 de julho| Edição do dia

Mais uma vez o governo do estado do Rio Grande do Sul coloca os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público em uma situação completamente humilhante. A primeira parcela de seus salários de agosto de apenas R$650,00, foi depositada nesta segunda (31).

É a 20ª vez que a gestão de José Ivo Sartori (PMDB) parcela os salários dos trabalhadores. Algumas vezes com a uma primeira parcela mais alta, mas chegando a pagar somente R$450 no ano passado, o governo não mantem as folhas de pagamento mas mantem privilégios para a casta política e para si mesmo, como viagens e super salários.

O CPERS, sindicato dos professores e trabalhadores em educação do estado convoca assembleia para a próxima terça (1º). É necessário uma grande mobilização das trabalhadores e trabalhadores para responder a este ataque brutal do governo, que tira do que é mais básico e elementar na vida de todas e todos que trabalham: o salário.

A calamidade financeira que Sartori segue utilizando como justificativa para tamanhos ataques contra os trabalhadores é paga pelo serviço público. O sucateamento e abandono da educação pública e de outros serviços é evidente.




Tópicos relacionados

Sartori   /    Porto Alegre   /    Caxias do Sul   /    crise econômica   /    Crise gaúcha   /    Política

Comentários

Comentar