Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Silvio Santos convida Temer para defender a odiada reforma da previdência no SBT

segunda-feira 8 de janeiro| Edição do dia

O presidente golpista Michel Temer ira participar da gravação do programa do Silvio Santos e do programa do Ratinho, convidado pelo SBT para fazer a mentirosa propaganda em defesa da odiada reforma da previdência. O esquema foi combinado entre Silvio e Temer em um almoço neste domingo.

Segundo a Folha de SP, que é concorrente do SBT, na ocasião, Silvio Santos teria dito: "Eu não entendo o que vai ser votado", "Quero que você vá lá e me explique".

Não existiria mais nada distante da realidade do que Silvio Santos "não saber do que se trata a reforma", afinal de contas, Silvio Santos e o SBT receberam todo o apoio de Michel Temer este ano, em troca das propagandas mentirosas em favor da reforma da previdência publicadas no início do ano pela emissora em rede nacional. Em maio do ano passado, o SBT já fazia terrorismo em rede nacional em defesa do fim de sua aposentadoria.

Já Ratinho, por sua vez, foi até Brasília visitar Temer em abril para tratar dos "negócios" da emissora com o governo golpista. Ratinho, além de ser um reacionário que agride fisicamente suas assistentes de palco, também enche a boca para criminalizar a juventude negra e pobre, defendendo os linchamentos e a política do "bandido bom é bandido morto". Isto, obviamente, não se aplica ao presidente da república, nem aos escusos negócios fechados entre o palácio do planalto e a emissora de Silvio Santos.

O governo Temer está fazendo a "festa dos políticos" com milhares de emendas parlamentares e benefícios concedidos pela máquina do estado, em troca de aprovar esta reforma que só beneficia os capitalistas. Enquanto entrega a riqueza da Petrobrás para os Yankees Norte-americanos, e joga fora os direitos trabalhistas em troca do aumento do lucros dos capitalistas com a reforma trabalhista, Temer tem o apoio de toda a máquina da imprensa e do judiciário para aplicar suas reformas.

E as condições para que faça isso sem que haja resistência estão dadas pela estratégia eleitoral falida das Centrais Sindicais, que tinham a obrigação de ter convocado uma greve geral contra esta reforma, mas decidiram trair este sentimento em nome de preparar o jogo eleitoral do Partido dos Trabalhadores: apaziguar a luta de classes em troca de apoio de velhos aliados burgueses.




Tópicos relacionados

Ratinho   /    Silvio Santos   /    Reforma da Previdência   /    Governo Temer   /    Michel Temer   /    Política

Comentários

Comentar