Educação

SECUNDARISTAS MG

Sarau na E.E Helena Guerra reúne estudantes em torno de uma arte combativa e apoio à greve dos educadores de MG

Neste sábado (10) estudantes da Escola Estadual Helena Guerra realizaram um Sarau na escola, como espaço para expressar todos os anseios da juventude secundarista.

domingo 11 de março| Edição do dia

Os estudantes através de intervenções poéticas, da dança e canto expressaram todo seu ódio contra às opressões machistas e racistas e LGBTfóbicas, fazendo conscientemente a ligação destas opressões ao sistema capitalista. Ficou visível a sensibilidade de uma juventude que sente na pele todos os dias as opressões que o sistema capitalista os impõe, e como a arte ajuda a juventude a expressar todo seu ódio contra um sistema que tenta nos subjugar pela cor da pele e contra a violência policial que nos aterroriza e mata vidas negras todos os dias.

Os estudantes também se somaram à campanha impulsionada Pela Juventude Faísca- Anticapitalista e Revolucionária e tiraram uma foto em apoio a Greve na educação de Minas Gerais. Na mesma foto, os estudantes também se manifestaram contra a Intervenção Federal no Rio de Janeiro!

Diante de todos os ataques que vem sofrendo a juventude desde governos anteriores, mas que se agravaram durante esse governo golpista, a juventude deve caminhar no sentido de desenvolver todo seu potencial incendiário, sendo a faísca inicial da fogueira que vai destruir esse velho mundo e construir um mundo novo onde possamos viver plenamente, e tomando a arte partindo de seu caráter fundamental que, segundo o revolucionário russo Leon Trotsky e o poeta francês André Breton "a arte verdadeira [...] se esforça por dar uma expressão às necessidades interiores da humanidade, tem que ser revolucionária, tem que aspirar a uma reconstrução completa e radical da sociedade, mesmo que fosse apenas para libertar a criação intelectual das cadeias que a bloqueiam e permitir a toda a humanidade elevar-se à alturas que só os gênios isolados atingiram no passado [...] só a revolução social pode abrir a via para uma nova cultura".




Tópicos relacionados

Greve Educação MG   /    Contagem   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar