Política

O principal hospital do Agreste chega a 100% dos leitos de UTI ocupados

Localizado na cidade de Caruaru (PE), o Hospital Mestre Vitalino, já está com todos os seus 56 leitos de UTI ocupados.

quinta-feira 2 de julho| Edição do dia

Conforme se alastra a pandemia no país, vemos cada vez mais suas piores consequências afetando a população. Na última sexta-feira, 26/06, o Hospital Mestre Vitalina cidade de Caruaru, sendo o principal hospital do Agreste, chegou a sua capacidade máxima, ao lotar todos os seus 56 leitos.

Por conta do aumento de número de casos de covid-19 em todo o Agreste, o hospital, recebeu rapidamente enfermos e as cidades de Caruaru e Bezerros começou a restringir as atividades da cidade e a locomoção dos habitantes para determinados setores. A cidade de Caruaru tem 1805 casos de covid-19 confirmados, com 117 mortes advindos dessa doença. Bezerros, foram 336 casos e 16 mortes.

Como podemos ver, a única resposta frente ao avanço da pandemia é o isolamento em meio a manutenção de condições insuficientes para o combate ao coronavírus. Não se levanta uma política de testes massivos para uma quarentena mais racional, nem a indicação de uso de mais leitos, frente a lotação do principal hospital da região.

Por isso, é fundamental que o sistema de saúde seja unificado, sobretudo para a construção de mais leitos de acordo com a demanda da população, mas para garantir isso até o final, é necessário que os trabalhadores da área de saúde, que vêm sendo a linha de frente no combate ao coronavírus, passem a ser quem controla o sistema de saúde, e não uma burocracia que vem dando respostas insuficientes, enquanto a população paga com a própria vida por conta do descaso e negligência das autoridades.




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus   /    Crise na Saúde   /    Coronavírus   /    Saúde Pública   /    Política

Comentários

Comentar