LAVA JATO

Mesmo sem relator da Lava Jato, delações da Odebrecht são homologadas

Após passar boa parte do fim de semana analisando os depoimentos premiados da empreiteira Odebrecht, a presidente do Supremo Tribunal Federal Carmen Lúcia homologou nesta segunda (30) as 77 delações.

segunda-feira 30 de janeiro de 2017| Edição do dia

O conteúdo dos documentos não foi divulgado, mas os investigadores já podem aprofundar as análises sobre o conteúdo das informações das delações.

O material será encaminhado à Procuradoria Geral da República, e Rodrigo Janot decidirá por solicitar ou não abertura de investigação contra os políticos, como o presidente golpista Michel Temer, citado 43 vezes.

Além de Temer, outras figuras importantes do PMDB aparecem na delação, que pega em cheio o partido mais presente no poder do Estado brasileiro. Nas próximas semanas, com o retorno do recesso do judiciário, saberemos se haverão provas, e principalmente convicções, suficientes para avançar nas investigações, e quais serão os rumos da crise política a partir daí.




Tópicos relacionados

Odebrecht   /    Governo Temer   /    "Partido Judiciário"   /    Poder Judiciário   /    Crise no governo   /    Crise da Petrobrás

Comentários

Comentar