BLACKLIVESMATTER

Fúria Negra antirracista atinge 140 cidades dos EUA nesse domingo

segunda-feira 1º de junho| Edição do dia

(Dados do dia 31 de maio, organizados por Weiyi Cat, Juliette Love, Bill Marsh, Jugal K. Patel, Yuliya Parshina-Kottas e Joe Ward)

O número de cidades com protestos contra a polícia e o Estado racista norte-americano quase dobrou nos dois dias desse fim de semana. De 75 para pelo menos 140 cidades encontraram focos de manifestação, que espalham uma imparável fúria negra antirracista após o assassinato brutal de George Floyd.

Enquanto Trump se escondia na Casa Branca dos revoltosos que ameaçavam romper as barreiras de proteção e se enfrentavam contra o Serviço Secreto norte-americano, nada pode parar a revolta social. Uma fúria que rompeu as quarentenas para atacar as delegacias, destruir carros de polícia e depredar a Target e outros símbolos do racismo da maior Estado imperialista do mundo, que se mostra incapaz de proteger as vidas naquele país, muito menos a dos negros sufocados pela polícia e seus supremacistas brancos.

As revoltas ganharam solidariedade internacional, com cidades da Alemanha, Canadá e aqui no Brasil em São Paulo e no Rio de Janeiro, também aderindo à luta antirracista corrosiva na barriga da besta imperialista norte-americana.




Tópicos relacionados

Justiça para George Floyd   /    George Floyd   /    Black Lives Matter   /    Racismo   /    Racismo EUA   /    [email protected]   /    Internacional

Comentários

Comentar