Sociedade

ABC paulista e região

Forte Repressão em ato contra o aumento da tarifa em Mauá

Concentração da manifestação começou na frente da estação de trem da cidade e caminhou pelas ruas da cidade até ser fortemente reprimida na entrada do terminal municipal de ônibus.

terça-feira 12 de janeiro de 2016| Edição do dia

Cerca de 50 pessoas estavam o inicio do ato contra o aumento da tarifa na cidade de Mauá, sábado (9), os manifestantes seguiram pelas ruas da cidade em direção ao terminal municipal de ônibus gritando palavras de ordem e distribuindo panfletos. A manifestação ganhou apoio da população que se mostrava indignada com o aumento.

Seguindo a lógica aplicada por Alckmin em São Paulo, o ato contou com todo um sistema de repressão que incluía, Policia Militar, Municipal, Ambiental e seguranças da empresa Suzantur. Os manifestantes bloquearam a entrada do terminal municipal de ônibus, o que causou um congestionamento, diante da situação os seguranças da empresa Suzantur ameaçavam os manifestantes e insistiam para que os motoristas passassem por uma brecha no bloco aberta por eles.

A repressão teve inicio quando os manifestantes tentaram entrar no terminal e ao mesmo tempo um ônibus avançou sobre a brecha aberta pelos seguranças. O que pôde-se ver a partir deste momento foi a força repressiva agindo, atacando os manifestantes e a população que cercava a entrada em apoio ao ato, com gás de pimenta, cassetetes e ponta pés. Várias pessoas saíram machucadas e um manifestante preso.

A repressão gerou indignação de algumas pessoas que cercavam o local, gritos de “bandidos”, eram direcionados a polícia. Os manifestantes se reorganizaram e fizeram pressão até que o estudante preso fosse liberado.

A luta contra o aumento da tarifa na região do abc segue, dia 11/01 às 7h30 concentração em frente a Estação de trem em Santo André, rumo ao Consórcio Intermunicipal, onde tem ato marcado as 10h, e dia 14/01 as 7h no Terminal Diadema.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Aumento da Passagem   /    ABC paulista

Comentários

Comentar