Internacional

ESQUERDA ARGENTINA

“É hora de mudar a história”: conheça Nicolás del Caño, candidato a presidente da esquerda argentina

"Quero dividir com vocês este vídeo para que conheçam um pouco da minha história e das minhas ideias”, postou o candidato à presidência argentina pela Frente de Esquerda Unidade nas suas redes sociais.

quinta-feira 11 de julho| Edição do dia

"Venho recorrendo todo o país, falando com centenas de jovens e muitas vezes me contam o mesmo que eu também vivi. Quero dividir com vocês este vídeo para que conheçam um pouco da minha história e das minhas ideias. Te convido a também compartilhá-lo com seus amigos, amigas e familiares”, postou o candidato à presidente pela Frente de Esquerda Unidade, que reúne as principais forças de esquerda na Argentina, nas suas redes sociais.

O representante da esquerda faz um percurso pela sua experiência militante, com imagens onde o podem ver comprometido com diversas lutas da classe trabalhadora, das mulheres e da juventude, tanto em sua cidade natal Córdoba, como também em Mendoza e Buenos Aires.

"Meus pais me ensinaram desde muito pequeno a não ser indiferente com as injustiças. E eu os agradeço, porque desde então, como estudante, como vendedor, como militante, nas fábricas, nas escolas e nas universidades, em Córdoba, em Mendoza, em Buenos Aires, nas mobilizações e agora no congresso, nas ruas: estive sempre do mesmo lado”, diz Del Caño no vídeo, com traços biográficos.

"Sempre do mesmo lado” é o lema da campanha da esquerda, que se apresenta em todo o país como uma alternativa independente e de luta para a classe trabalhadora, as mulheres e a juventude que sofrem as consequências do “regime do FMI” que os partidos majoritários, com suas matizes, propõem continuar.

"É hora de mudarmos à história”, encerra Del Caño no spot que dá início à sua campanha presidencial.




Tópicos relacionados

PTS   /    PTS na FIT   /    Internacional

Comentários

Comentar