Juventude

PROPORCIONALIDADE

Com ampla maioria proporcionalidade é aprovada no IFCH-UNICAMP

sexta-feira 10 de abril de 2015| Edição do dia

Hoje ocorreu no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP uma assembleia estatutária do Centro Acadêmico das Ciências Humanas da Unicamp, o CACH. Os estudantes aprovaram, por ampla maioria, a PROPORCIONALIDADE na entidade.

A proporcionalidade é uma forma de organização da entidade, na qual todas as chapas participantes e votadas no processo eleitoral compõe a diretoria da entidade, proporcionalmente ao número de votos recebidos no mesmo.

A proposta veio da enorme politização nacional aberta com os atos massivos das Jornadas de Junho. As aspirações sociais e as reivindicações da juventude levadas para as ruas em 2013 não encontraram entidades estudantis como instrumentos democráticos de organização.

Isso porque em todo período anterior predominaram direções burocráticas, influenciadas pela passividade petista, que pautaram o movimento estudantil na despolitização. Mesmos as direções que se colocam no campo da oposição à esquerda do governo do PT se adaptaram a essa lógica, onde as entidades ficam estagnadas, servindo apenas como grandes aparatos e demonstraram uma concepção que pouco serve para transformar as entidades em espaços democráticos, vivos e ativos politicamente que respondam às necessidades da luta.

A proporcionalidade significa um avanço para o movimento estudantil, pois tanto democratiza o movimento estudantil por representar na entidade todas as concepções políticas que participam da eleição, como responsabiliza as correntes e políticas levadas por cada grupo frente à base dos estudantes, isso faz com que estes se testem com as distintas concepções fazendo com que as experiências do movimento estudantil possam avançar muito mais rapidamente.




Tópicos relacionados

Universidade   /    Campinas   /    Juventude

Comentários

Comentar