Cultura

TEATRO

Peça de teatro "Cordões Industriais" realiza apresentação em São Paulo

A montagem teatral que resgata a história e experiência de luta dos trabalhadores chilenos e os processos de ocupações de fábricas nos anos 70, da Compañía Tarea Urgente, se apresentará no Festival Comunitário Panamérica Utópica no Brasil.

sexta-feira 11 de agosto| Edição do dia

Desde 2012, o Colectivo Artístico Tarea Urgente tem realizado uma investigação sobre o processo dos Cordões Industriais no Chile ocorrido no ano de 1972, com entrevistas a dirigentes sindicais e trabalhadores que foram parte do processo, e através de una investigação histórica, visual e cênica.

A obra de teatro se apresentou em vários espaços não convencionais: sindicatos, colégios, ruas e praças. Recentemente estiveram no Festival de Teatro de Valdivia e nas temporadas Teatrais de Puerto Montt. No ano passado, a montagem se apresentou na Argentina, no festival comunitário Octubre Callejero, e agora se apresentará no Brasil.

O grupo é conformado majoritariamente por mulheres, atrizes, historiadoras e designeres. Victoria Hernández, atriz da montagem comenta: "estou feliz e orgulhosa de compartilhar este trabalho cênico com grandes companheiras; sua entrega e compromisso nesta montagem tem dado grandes frutos, estamos muito agradecidas a todos que nos ajudaram na campanha de arrecadação de fundos”.

A passagem da peça por São Paulo se dá dentro da primeira versão do Festival Comunitario Panamerica Utópica, que funciona de maneira autogestionada; é por isso que a companha esteve realizando uma campanha para reunir fundos, a qual ainda está aberta: https://colectivotareaurge.wixsite.com/misitio

A companhia realizará três apresentações:

- 12 de agosto, 17 horas, Teatro Ventoforte. Rua Brigadeiro Haroldo Veloso, 150, São Paulo

- 14 de agosto, 21 horas, Guarulhos. Teatro Adamastor - Av. Monteiro Lobato, 734 - Macedo, Guarulhos

- 18 de agosto, 21 horas, Atibaia. Anfiteatro do Centro de Convenções

Além de apresentar a obra de teatro, Valeria Yáñez Álvarez, diretora da montagem e militante do Partido de Trabajadores Revolucionarios (PTR), realizará uma conversa a convite do Esquerda Diário na Universidade de São Paulo USP, na Faculdade de Letras, sobre a história de lutas no Chile: “Do movimento estudantil aos Cordões Industriais”.

Cabe mencionar que Valeria no ano de 2011 foi dirigente estudantil, conselheira FECH da Faculdade de Artes da Universidade do Chile, que junto a seus companheiros lutaram pela grande demanda do movimento estudantil: a gratuidade na educação. A conversa se realizará no dia 17 de agosto, quinta-feira, às 17 horas, na FFLCH/USP.

“Estou muito contente de poder compartilhar a experiência que tivemos nós, estudantes chilenos, nas mobilizações estudantis com nossos companheiros do Brasil, e também transmitir a história da classe operária no Chile. O processo dos Cordões Industriais foi muito potente, e acredito que temos que relacioná-lo com a realidade, com suas lições, contradições e acertos. Numa sociedade onde os trabalhadores vivem alienados, pensar a possibilidade de uma sociedade diferente está na ordem do dia”, comentou Yáñez.




Tópicos relacionados

Teatro   /    Cultura

Comentários

Comentar