Negr@s

ONDE ESTÁ O AMARILDO?

PMs que assassinaram Amarildo são réus por corromper testemunhas

Quatro policiais, dois deles já condenados pelo desaparecimento e morte de Amarildo, ajudante de pedreiro assassinado em 2013 na Rocinha, são réus em processo de corrupção ativa de uma testemunha do caso, cuja audiência de instrução e julgamento será realizada nesta quinta-feira (22), às 13h.

quinta-feira 22 de junho| Edição do dia

Os envolvidos no caso Amarildo, corromperam as testemunhas para atrapalhar a investigação da divisão de homicídios, destes, dois já foram condenados por tortura seguida de morte, ocultação de cadáver e fraude processual.

E agora os mesmos assassinos estão sendo julgados por corrupção ativa de uma das testemunhas do caso.

Este fato deixa explicita a face assassina e racista da policia brasileira, que age com extrema violência dentro da periferia objetivando a morte da juventude negra, o caso Amarildo é apenas mais um de muitos.

A polícia, com o aval do Estado, realiza um verdadeiro genocídio da juventude negra no Brasil matando jovens todos os dias nas periferias do país.

Segundo o atlas da violência de 2017 a cada 100 pessoas que sofrem homicídio no Brasil, 71 são negras. Uma pessoa negra possui chances 23,5% maiores de sofrer assassinato em relação a pessoas classificadas como brancas e amarelas, são dados que demostram como é grande o racismo na sociedade brasileira e a policia é a principal instituição racista assassina desta sociedade.




Tópicos relacionados

Amarildo   /    genocídio juventude negra   /    Violência Policial   /    Negr@s

Comentários

Comentar