Gênero e sexualidade

#RESISTEMIRABAL

Ocupação Mulheres Mirabal ameaçada de reintegração de posse em Porto Alegre

A Ocupação Mulheres Mirabal, no centro de Porto Alegre, está ameaçada de reintegração de posse. O movimento convoca para a próxima quarta (24) vigília em defesa do espaço, com oficinas, shows, sarau, exibição de vídeos, entre outras atividades.

terça-feira 23 de maio| Edição do dia

A Ocupação Mulheres Mirabal iniciou no dia 24 de novembro do ano passado, e desde então serve de abrigo para mulheres em situação de vulnerabilidade e violência doméstica. Na ocupação também ocorrem oficinas, atividades culturais e políticas.

No dia 17 de maio foi negado um recurso contra o pedido de reintegração de posse, e o prazo de desocupação voluntária venceu no último dia 20. Desde a decisão e mesmo antes dela a Brigada Militar já ronda a ocupação, intimidando as mulheres que utilizam o espaço.

É um absurdo que o governo do estado do Rio Grande do Sul pretende fazer contra as ativistas e as mulheres em situação de vulnerabilidade e violência doméstica da Ocupação Mirabal. Por isso o movimento está convocando uma vigília para o dia 24, próxima quarta-feira, em defesa da ocupação e da vida das mulheres.




Tópicos relacionados

Rio Grande do Sul   /    Porto Alegre   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar