Política

TRF-4 E A PRISÃO DE LULA

Mesmo com manutenção da prisão de Lula, Bolsonaro diz que instituições estão aparelhadas

segunda-feira 9 de julho| Edição do dia

A aceitação do pedido de habeas corpus para soltura de Lula, por parte do desembargador Rogério Favreto, provocou a imediata reação de todos os setores golpistas. Bolsonaro, da ala mais reacionária dos setores do golpe, não poderia deixar de se pronunciar.

"Pior que a corrupção no Brasil é a questão ideológica. Quase todas as instituições estão aparelhadas. Um desembargador, que já foi filiado do PT, acaba de conceder um Habeas Corpus (HC). Felizmente o juiz Sergio Moro bota um pé no freio nesta questão", disse o deputado.

Contraditoriamente, a declaração do pré-candidato vem poucas semanas após prometer que caso eleito irá aumentar o número de ministros do STF para 21, "Temos discutido passar para 21 ministros, para botar pelo menos dez isentos lá dentro”. Numa estratégia similar do que a ditadura militar utilizou para aparelhar a corte.

Bolsonaro de um lado ignora toda a rápida mobilização do TRF-4 para impedir a soltura de Lula, e por outro se esquece que foi o próprio STF que deu aval a prisão de Lula ao acompanhar a decisão do TRF-4 sobre a condenação do ex-presidente, e com uma maioria de votos de ministros indicados pelo próprio PT, com Fachin, Barroso, Weber e Fux.

Se existe um aparelhamento no STF e nas demais instituições de nossa democracia burguesa é um aparelhamento em relação aos interesses das elites de nosso país e contra os interesses dos trabalhadores, basta ver todas as decisões de penalizações das greves ou a ratificação por parte dos juízes a absurda retirada de direitos com a reforma trabalhista. As instituições estão todas aparelhadas sim, mas pela burguesia.




Tópicos relacionados

Prisão de Lula   /    Julgamento de Lula   /    Bolsonaro   /    Lula   /    Política

Comentários

Comentar