Negr@s

MORTE RACISTA

Filho de assessor parlamentar mata jovem ator negro a pauladas

sexta-feira 9 de junho| Edição do dia

Segundo informações de testemunhas o ator estava comemorando durante a madrugada seu aniversário, e acabou encontrando com um rapaz com quem ele já havia tido desavenças e acabaram discutindo o que resultou na agressão racista.

O agressor Lucas Soares, de 21 anos é filho do assessor parlamentar Raul Soares Neto, que foi exonerado do seu cargo na tarde da segunda-feira, pelo deputado estadual Chiquinho Mangueira (PMN), pelo envolvimento de seu filho no caso.

O pai do agressor estava presente e utilizou uma arma de fogo atirando para cima, intimidando as pessoas que acompanhavam a discussão para não interferir durante a briga.

As testemunhas informaram que mesmo não querendo prosseguir com a discussão, Eliton ao virar de costas a Lucas levou um golpe certeiro na cabeça com um taco de beisebol, e caiu no chão.

Eliton foi levado ainda com vida para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro, aonde chegou a ser internado antes de morrer. O caso foi registrado na 17ª DP (São Cristóvão) como “homicídio provocado por paulada”.

Até o momento Raul e Lucas não foram encontrados em casa pelos agentes e nenhum advogado dos suspeitos compareceu à delegacia.

Apaixonado por teatro, Eliton, também conhecido como Ton Torres, tentava se consolidar na carreira de ator. A última peça que ele trabalhou foi “Princípios Transgredíveis para Amores Precários”, premiada na 7ª edição do concurso edição do concurso Seleção Brasil em Cena, do Centro Cultural do Banco do Brasil.




Tópicos relacionados

Racismo   /    Negr@s

Comentários

Comentar