Sociedade

JUVENTUDE

Estudantes da EE Prof. Architiclino Santos realizam assembleia contra desmandos da direção escolar

quinta-feira 23 de fevereiro| Edição do dia

Hoje, 23 de fevereiro, houve uma assembleia organizada pelos alunos do colégio E. E. Prof. Architiclino Santos para discutir sobre os problemas que estão rolando na escola.

Com a nova gestão, que assumiu no fim do ano passado, a escola se encontra completamente desorganizada. As salas ambiente não têm disciplina definida, a grade horária muda continuamente, além disso o novo diretor não dialoga nem com estudantes e nem com professores, apenas ameaça fechar salas superlotando as que ficarem abertas.

O ato estava acontecendo pacificamente, até que um membro da coordenação chamou a polícia argumentando que sentia-se ameaçada e coagida pelos alunos, sendo que em momento algum ela saiu da sala dela para verificar o que estava acontecendo. Nos sentimos ofendidos e ameaçados com a presença dos policiais. Depois de uma conversa, a polícia pediu para que a gestão autorizasse a continuidade do ato.
Foi então que nos reunimos no pátio e resolvemos que não iremos assistir aulas até que as questões mais sentidas fossem solucionadas.

Logo em seguida fizemos uma reunião com dois supervisores de ensino (que vieram em nome da dirigente de ensino) e professores. Fechamos uma convocação de Conselho de Escola na quinta-feira, dia 2 de março, às 18h30 e nos deram garantia de que não fechariam salas até o fim do carnaval.

Amanhã não entraremos nas aulas, iremos discutir entre nós os rumos do movimento




Tópicos relacionados

Sociedade   /    São Paulo (capital)   /    Política   /    Juventude

Comentários

Comentar