Mundo Operário

TENTATIVA DE GOLPE NA VENEZUELA

SINTUSP reafirma rechaço à intervenção golpista dos EUA na Venezuela sem dar nenhum apoio a Maduro

O Conselho Diretor de Base do Sintusp, diante da ofensiva de Guaidó apoiado pelo imperialismo, reafirmou hoje (dia 30 de abril) sua posição de rechaço a intervenção golpista dos Estados Unidos sem nenhum apoio político a Maduro.

terça-feira 30 de abril| Edição do dia

Na manhã dessa terça-feira, dia 30 de abril, o autoproclamado “presidente interino” apoiado pelo imperialismo de Trump e pelo governo de direita de Bolsonaro, Juan Guaidó chamou novamente os militares a tentarem um novo golpe na Venezuela.

Mais uma vez o Conselho Diretor de Base do Sintusp (Sindicato dos Trabalhadores da USP), reunido neste dia 30 de abril, reafirma sua posição de repudio a ofensiva imperialista liderada pelo governo dos Estados Unidos, sem que isso implique em qualquer forma de apoio político ao regime reacionário e anti-operário de Maduro e das Forças Armadas.

Essa posição política é a única capaz de ajudar na construção de uma organização da classe trabalhadora de maneira independente, confrontando o bonapartismo reacionário de Maduro e seus burocratas, bem como os planos da direta pró-imperialista.

Os trabalhadores são a única força social que pode oferecer uma solução progressiva para esta crise monumental. Para fazer isso, o proletariado precisa formar fileiras lutando por sua independência do governo, do Estado e dos partidos patronais, bem como da interferência imperialista. A Venezuela precisa da perspectiva de luta por um governo dos trabalhadores e do povo pobre.




Tópicos relacionados

Fora imperialismo da Venezuela   /    SINTUSP   /    Venezuela   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar