www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 24 de Junio de 2021
00:26 hs.

Twitter Faceboock
CRISE NO GOVERNO GOLPISTA
Gravações de Sérgio Machado derrubam o ministro da transparência, Fabiano Silveira
Mauro Sala
Campinas
Ver online

Fabiano Silveira, ex-ministro da transparência, fiscalização e controle do governo golpista de Michel Temer, depois de ter sua permanência questionada por servidores públicos, após o vazamento do áudio em que aparece aconselhando investigados da Operação Lava Jato a como procederem diante das investigações, decide sair do cargo.

Na época das gravações, Fabiano pertencia ao Conselho Nacional de Justiça. As gravações foram feitas há cerca de três meses por Sérgio Machado, numa conversa em que participou o senador Renan Calheiros, também investigado pela Lava Jato.

A pasta comandada por Silveira foi criada para substituir a antiga Controladoria Geral da União, extinta por Michel Temer.

O vazamentos dos áudios causou nova instabilidade nas altas cúpulas do governo interino, depois do afastamento de Romero Jucá, do Ministério do Planejamento, também devido a áudios gravados pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Jucá foi um dos principais articuladores do golpe no senado federal e voltou a ocupar sua cadeira na casa.

Nessa segunda-feira, aconteceu uma manifestação de servidores públicos federais na frente do ministério exigindo a saída de Silveira da pasta. Além disso, todos os chefes regionais vinculados ao novo ministério entregaram seus cargos ou os colocaram à disposição. Em alguns Estados as atividades da pasta estão paralisadas.

Mesmo diante da posição de Michel Temer de que, “até segunda ordem”, Silveira permaneceria à frente do ministério, ele preferiu entregar o cargo e deixou a chefia do ministério na noite dessa segunda-feira.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui