www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 24 de Junio de 2021
06:18 hs.

Twitter Faceboock
EDUCAÇÃO
Bolsonaro e MEC mantêm descaso com educação e erra em repasse de R$ 836 milhões do Fundeb
Redação

Após denúncias mostrarem que um erro na portaria que define a partilha do dinheiro provocou transferências equivocadas, o ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, assumiu a falha.

Ver online

Foto:reprodução/Facebook/Milton Ribeiro

Na última sexta-feira (30), o MEC (Ministério da Educação) repassou novamente mais uma parcela com erro nos valores do principal mecanismo de financiamento da educação básica no Brasil, o Fundeb.

Uma parcela de R$ 836,2 milhões foi repassada para estados e municípios apesar de milhares de matrículas terem sido deixadas de fora nos cálculos do fundo. Os erros somam uma sequência de equívocos nas diretrizes de distribuição do Fundeb. O FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), que opera os recursos, informou que resolverá os problemas ainda neste primeiro semestre, mas ainda sem data definida.

Veja mais: Erro nos repasses do Fundeb são obras do descaso de Bolsonaro com a educação

Após denúncias mostrarem que um erro na portaria que define a partilha do dinheiro provocou transferências equivocadas, o ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, assumiu a falha. Ele disse que uma correção seria publicada em breve.

Até agora, no entanto, o problema não foi resolvido.

O FNDE, em nota publicada em seu site, admite as inconsistências nas transferências da última sexta-feira. "Após terem sido constatadas inconsistências na filtragem das matrículas, o FNDE iniciou o reprocessamento dos dados. A partir dos resultados será publicada nova Portaria Interministerial, ainda no primeiro semestre de 2021", diz a nota.

Talvez interesse: Municípios acusam falta de 1.447.065 alunos no cálculo do MEC para o repasse do Fundeb

O órgão ligado ao MEC promete que, após a correção, haverá reajustes dos valores nos repasses previstos ao longo do ano. "Com a publicação também serão realizados os ajustes das parcelas anteriormente repassadas, a fim de que nenhum ente governamental seja prejudicado."

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui