www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário
http://issuu.com/vanessa.vlmre/docs/edimpresso_4a500e2d212a56
Twitter Faceboock
MINISTRO INDICADO POR BOLSONARO
Para agradar base bolsonarista, Kássio Nunes vota contra suspeição de Moro
Redação

Com o placar de 3x2 formando maioria contra Lula, Kassio Nunes vota para agradar base bolsonarista em votação sobre suspeição de Moro.

Ver online

O ministro do STF, indicado por Bolsonaro, mostrou serviço hoje para agradar a base bolsonarista, mesmo com incontáveis evidências de ilegalidades por parte de Sérgio Moro durante a operação Lava-Jato. Kassio Nunes havia pedido vista do processo iniciado semanas atrás no tocante à suspeição de Sergio Moro. Caso Nunes tivesse votado a favor da suspeição, todas as "provas" contra Lula teriam sido anuladas, mas durante essas semanas Nunes organizou um voto a favor de Moro e acalmou os ânimos bolsonaristas. Viúvas da Lava-Jato estão em polvorosa no momento, graças à votação do novo ministro.

O caso é realmente surpreendente, pois a quantidade de evidências que mostram ilegalidades na condução da Lava-Jato é imensa. Fica evidente que o bafo de Bolsonaro bateu quente na nuca de Nunes para seguir a pressão por condenar Lula. Caso Carmen Lúcia não mude seu voto e o plenário do STF não acompanhar a votação de hoje na segunda turma, o julgamento de Lula zera e um juiz do DF vai levá-lo à frente. A depender do desenvolvimento dessa nova situação, Lula pode ser retirado das eleições de 2022 e novamente as instituições do regime político restringirem, com medidas autoritárias e arbitrárias, o direito ao sufrágio universal. Isso é uma das coisas que está em jogo, considerando que Lula oferece hoje enorme perigo para os planos de reeleição de Bolsonaro.

- Leia mais: 3 mil mortes por dia e a estratégia do PT e da CUT é esperar 2022, não aceitemos

Enquanto isso, apesar das manobras evidentes dessa corte altamente antidemocrática (com juízes eleitos por ninguém e com poderes capazes de determinar os rumos da polícia nacional), o PT segue depositando enorme ilusões no STF. Esse mesmo STF, além de garantir o golpe de 2016 e manobrar para ajudar Bolsonaro a ser eleito em 2018, hoje avaliza reformas neoliberais contra a maiora da classe trabalhadora brasileira. É preciso acabar com qualquer ilusão nesse órgão reacionário e confiar apenas na força da maioria da população, da classe trabalhadora, da juventude, mulheres e negros, a fim de combater Bolsonaro, os militares, os governadores e o conjunto do regime que hoje despeja a crise capitalista em nossas costas.

- Leia o último Editorial do MRT: Abaixo a Lei de Segurança Nacional da ditadura! Fora Bolsonaro, Mourão e os golpistas

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui