www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Domingo 9 de Mayo de 2021
15:40 hs.

Twitter Faceboock
Depois de retirar direitos dos ecetistas, Bolsonaro entrega PL para privatizar Correios
Redação

Depois de retirar direitos trabalhistas histórico dos trabalhadores dos Correios no ano passado, governo Bolsonaro se movimenta para privatizar os Correios. Ontem foi enviado ao congresso projeto de lei que permite e facilita privatização da estatal. Junto com a tentativa de privatizar a Eletrobras, o governo Bolsonaro deixa claro sua sanha privatista para vender estatais à preço de banana ao capital internacional.

Ver online

Foto: Pablo Valadares/Câmara de Deputados-Agência Brasil

Ontem foi enviado a Câmara de Deputados, que possui na presidência Arthur Lira (PL-AL) aliado de Bolsonaro, uma PL que permite a privatização dos Correios. Assim, o governo Bolsonaro avança com a privatização de uma das maiores estatais do Brasil, o presidente fez questão de entregar em mãos o PL privatista.

O PL faz parte da agenda econômica do governo que demonstra compromisso em tocar a política privatista das grandes estatais. Após Jair Bolsonaro criticar a política de preços da Petrobras e trocar o presidente, houve uma queda no valor das ações da estatal na bolsa de valores. Por isso, a ação de Bolsonaro buscar expressar que segue firma na política de privatizar as estatais brasileiras.

Além da privatização, o texto prevê a obrigatoriedade do cumprimento de metas de universalização e qualidade dos serviços e estabelece que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) será a Agência Reguladora dos serviços postais. Bolsonaro entregou projeto junto ao ministro das comunicações, Fabio Faria.

Bolsonaro aproveita a pandemia para efetivar seus ataques a população, que está ameaçada de perder ainda mais suas estatais que vem sendo sucateada e precarizada há anos para abrir espaço à inicitiva privada. A venda da estatal à preço de banana às grandes empresas imperialistas ficou por responsabiliidade do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O governo também enviou a privatização da Eletrobras por medida provisória na terça-feira, sancionará nesta quarta-feira o projeto de lei que dá autonomia ao Banco Central, com mandatos para seus diretores e presidente.

No ano passado, em meio a pandemia, os ecetistas protagonizatam uma grande luta contra a privatização dos Correios e por melhoria do serviço à população, combatendo o discurso de que são privilegiados. Mas a greve além de ser atacada por Bolsonaro, pelos militares e judiciário, também foi boicotada pela CTB e CUT, o que culminou em retirada de direitos históricos da categoria, com ataques há diversos benefícios trabalhistas.

O Esquerda Diário esteve presente em apoio às lutas dos ecetistas e segue junto aos trabalhadores para enfrentar mais essa tentativa de privatização da estatal e de ataque os trabalhadores e população.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui