www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Sábado 7 de Diciembre de 2019
21:59 hs.

Twitter Faceboock
BOLSONARO
"Não dê munição ao canalha", Bolsonaro reage à liberdade de Lula
Redação

Em discurso no dia de hoje, Bolsonaro comentou indiretamente a liberdade do ex-presidente, destacando que eles "amantes da liberdade e do bem" são a maioria. Discurso também foi recheado de homenagens a Moro e à defesa do legado golpista do ex-juiz.

Ver online

Depois da decisão do STF e da confirmação da liberdade do Lula, Bolsonaro conservou um longo tempo calado. Coube aos filhos presidenciais reagirem primeiro criticando a decisão do STF. Apenas no dia de hoje, o presidente compartilhou um posicionamento seu no perfil do twitter.

Para quem esperava uma reação irada do presidente, atacando a decisão do STF e seus ministros, a fala de Bolsonaro foi bastante calculada. Ele deixou de lado as críticas ao STF, que povoaram as redes sociais bolsonaristas, e buscou se dirigir a um público maior do que sua própria base, afirmando que eles são maioria. Por isso os vários afagos a Moro, e a prestação até de um tributo, retomando o papel decisivo do atual ministro para a consolidação do golpe e a prisão de Lula - "...
se essa missão não fosse bem cumprida eu também não estaria aqui...".

O único ataque, como não podia deixar de ser da sua parte, foi em direção a Lula - "Não dê munição ao canalha". Com Lula em liberdade, Bolsonaro pode retomar a posição de líder do espectro anti-petista, amalgamando uma base muito maior do que a sua. Por isso, o intuito não é centrar fogo no STF, papel que pode repassar a seus filhos, mas retomar a cabeça dessa reação que pode ressurgir a partir da liberdade de Lula.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui