www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Viernes 23 de Agosto de 2019
07:05 hs.

Twitter Faceboock
CONUNE 2019
CONUNE: Que as reitorias garantam a ida dos estudantes para que se organizem em defesa da educação e da previdência
Faísca - Juventude Anticapitalista e Revolucionária

É essencial que os estudantes estejam no próximo congresso da UNE fortalecendo a luta em defesa da educação, contra a reforma da previdência e os ataques de Bolsonaro.

Ver online

Dias 10 à 14 de julho acontecerá em Brasília o próximo CONUNE, Congresso da União Nacional dos Estudantes, que deveria servir para reunir e organizar fortemente a mesma juventude que tem sido linha de frente nas últimas batalhas contra o governo Bolsonaro e seu projeto ultra neoliberal que tem atacado constantemente a Educação, direitos básicos e segue com todos os trâmites para tentar aprovar o principal e mais duro ataque do seu governo, a Reforma da Previdência quer nos fazer trabalhar até morrer, deixando a aposentadoria ainda mais distante, ou até impossível, para muitos trabalhadores. Os atos pela educação dos dias 15 e 30 de maio, assim como a Greve Geral do dia 14 de Junho, mostraram uma imensa disposição de luta dos trabalhadores e estudantes, com destaque para a juventude que foi imprescindível ao mostrar um pouco do seu potencial para barrar os ataques nas ruas. E essa força apareceu mesmo com os freios colocados pelas Centrais Sindicais como a CUT e a CTB e a própria direção majoritária da UNE (UJS, PCdoB, Levante), setores que preferem negociar nosso futuro com Rodrigo Maia e o Centrão, ao invés de organizar nas bases, com assembleias, um plano de luta sério para derrotar esses ataques e todo projeto do golpe institucional e da Lava Jato. Tentam continuamente separar a luta em defesa da educação da batalha contra a Reforma da Previdência, tentando sabotar a força que tem a classe trabalhadora em aliança com a juventude, buscando canalizar a disposição de luta existente para melhor negociar. Mas apesar das traições da direção majoritária da UNE, a atual conjuntura exige que os estudantes se organizem e precisamos batalhar para que o CONUNE sirva para isso, como deveria, e reúna esse setor que cada dia mais quer ser uma resistência ao governo e quer ir ao maior congresso estudantil da América Latina buscando essa alternativa. É necessário que os estudantes ocupem e tomem pra si esse espaço que poderia ser uma enorme ferramenta de luta!

A educação pública tem sido uma das áreas mais atacadas pelo governo, já cortou 30% das verbas das Universidades Federais, quer acabar com as cotas raciais das Estaduais do Rio de Janeiro, abriu uma CPI das Estaduais Paulistas para investigar o suposto controle ideológico da esquerda nas universidades, quer implementar a ideia da Escola Sem Partido e segue com constante ataques ideológicos contra o pensamento crítico, o espaço acadêmico e o movimento estudantil. Diversas reitorias se posicionaram contra os cortes e os ataques mais recente à educação, porém, em sua maioria, novamente deixando de lado a pauta da Reforma da Previdência, isso só reforça não apenas a centralidade e o nível absurdo dessas novas investidas do governo mas a necessidade de combatê-las e a juventude organizada é chave nessa batalha. É fundamental que os estudantes se organizem para barrar os ataques não somente contra a educação, mas também cada avanço contra a classe trabalhadora, às mulheres, pobres, negros e todos os ombros sobre os quais esse governo e os capitalistas querem despejar essa crise que é deles. Porém, para que os estudantes possam cumprir esse papel e fortalecer a luta em defesa da educação, para que o CONUNE realmente sirva como um ponto de organização de luta nacional do Movimento Estudantil, é essencial que cada jovem que quer se organizar contra esses golpes possa concretamente ir ao congresso e nisso se incluí desde a inscrição até a locomoção, porém esbarram com datas que não levam em consideração os estudantes trabalhadores, preços caríssimos para participação e pouquíssima construção do congresso com a base, além da própria burocratização da UNE, afastando do congresso o setor mais amplo dos estudantes, principalmente o setor mais pobre e trabalhador, colocando mais uma barreira na organização dos estudantes, mas é necessário que a juventude se levante também contra a burocratização desse espaço e entre na exigência pela viabilização da presença dos estudantes no CONUNE, com o transporte de todos os estudantes que quiserem ir para o congresso.

Por isso, precisamos fazer uma ampla campanha, impulsionada pelos DCEs, Diretórios, Centros Acadêmicos e coletivos de todas as universidades e faculdades desse país, a começar pelas entidades dirigidas pela majoritária da UNE, que deveriam garantir que todos os delegados e estudantes que queiram participem do Congresso, mas também o PSOL e entidades dirigidas pela Oposição de Esquerda, exigindo que as reitorias garantam o transporte dos estudantes ao congresso, não só pelo direito mas pela necessidade dos estudantes estarem nesse espaço, em defesa também das próprias universidades, fortalecendo a organização política dos estudantes nacionalmente para defender a educação e lutar pelo nosso futuro, contra a reforma da previdência, os cortes e cada ataque da extrema direita, do golpismo e do judiciário.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui