www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Martes 19 de Noviembre de 2019
09:55 hs.

Twitter Faceboock
PREFEITURA DE SÃO PAULO ELIMINA COBRADORES
Ônibus sem cobradores já circulam em São Paulo. Qual é a importância de sua função social?
Vanderson Cristiano Sousa

Em São Paulo, na Zona Sul, passageiros da linha 576C-10 (Terminal Santo Amaro - Jabaquara) já estão tendo que usar ônibus sem cobradores.

Ver online

A Folha registrou que passageiros dessa linha foram barrados e não puderam pegar seus ônibus. O governo e as empresas trabalham com dados quantitativos, desconsiderando as reais necessidades de parcelas da população. A SPTrans alega que apenas 6% dos usuários pagam em dinheiro. Indicadores oficias da SPTrans nos mostram que por dia 1 milhão e 200 mil passageiros são transportados. Ou seja, 6% dessa quantidade significa que mais de 70 mil passageiros por dia usam dinheiro nas catracas. As razões são muitas para que nem todos os trabalhadores possam carregar previamente seus bilhetes únicos: o desemprego, a saída repentina para procurar um emprego ou sair com urgência - com parentes ou crianças - para terem acesso aos postos de saúde ou hospitais.

Doria alega que a retirada dos cobradores é para baixar os custos do transporte. Mas sabemos que as passagens não baixaram, e, como de praxe, não estaremos poupados de futuros aumentos da passagem. O prefeito Doria (PSDB), que já diminuiu a entrega de leite para boa parte das crianças da rede municipal de ensino, bem como cortou o acesso de diversas crianças ao TEG (Transporte Escolar Gratuito), também já propôs de vender os dados dos usuários do Bilhete Único à Iniciativa Privada. Essa estratégia de retirar os cobradores, obrigando que todos tenham que adquirir um cartão do Bilhete Único, aumenta a oferta de dados para as empresas compradoras desses dados cadastrais. Além do mais, com a aprovação da Lei da Terceirização, o andamento das Reformas que retiram os direitos trabalhistas, o que garante que as empresas de ônibus cumprirão o acordo em realocar os quase 20 mil cobradores de ônibus da cidade de São Paulo para outras funções?

Um outro problema é que parte da juventude não tem acesso ao Bilhete Único gratuito, Passe Livre, pelo fato de morarem próximos de suas escolas. Com isso, muitos não têm acesso ao lazer e à cultura ofertados em São Paulo, seja na região central da cidade, bem como os jovens têm dificuldades de acessarem as diversas formas de manifestações culturais presentes em outros bairros e periferias distantes.

Por fim, como já veiculado pelo Esquerda Diário é a estatização dos transportes sob controle dos trabalhadores e usuários que permitirá que a população tenha o direito de acessar a cidade sem ter que comprometer os seus já escassos recursos financeiros. Com um transporte público estatal sob o controle dos trabalhadores, conseguiremos diminui os preços das passagens, porque não haverá mais exorbitantes lucros indo para os bolsos dos empresários.

A importância da função social dos cobradores

Os motoristas de ônibus em São Paulo dirigem sobre condições estressantes: trânsito, calor, poluição, insegurança no trânsito, medo da violência - que aumenta com a precarização do acesso aos estudos e ao lazer e com o aumento dos níveis de desemprego. Com o fim dos cobradores, muitas das funções que eles desempenham serão transferidas para os motoristas, sobrecarregando-os muito mais. Todos os trabalhadores que pegam cotidianamente os ônibus já sabem da importância dessa categoria. A seguir uma breve síntese. A) Os cobradores informam os motoristas sobre o desembarque dos passageiros. Como as conduções viajam superlotadas, dificilmente o motorista consegue ver, mesmo com a ajuda dos espelhos, quando os passageiros terminaram de desembarcar com segurança em seus respectivos pontos. B) Os cobradores auxiliam no embarque e desembarque de idosos e passageiros com necessidades especiais. C) Os usuários, principalmente as pessoas mais idosas e aquelas sem acesso aos recursos digitais, com frequência precisam da ajuda dos cobradores para saberem chegar aos seus destinos, em qual ponto descer. D) Os cobradores auxiliam os demais trabalhadores em muitas outras questões, tais como: perceber situações de perigo ou constrangimento entre os passageiros, ser um companheiro de trabalho do motorista, além de outras.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui