Educação

FSA

Voltam as aulas na FSA e os estudantes e professores mostram disposição de defender a universidade

Ontem, dia 20/02 voltaram as aulas na Fundação Santo André após o adiamento das aulas pela reitoria. Logo pela manhã, a reitoria foi surpreendida por um ato de alunos e professores que exigiam a reabertura das salas do período matutino.

terça-feira 21 de fevereiro de 2017| Edição do dia

A reitoria retrocedeu nos fechamentos das turmas do 4° ano de Arquitetura; 3°, 4° e 5° ano de Direito e 3° ano de Psicologia, mas não abriu mão do seu projeto de fechar a universidade, mantendo a decisão sobre os primeiros anos de mais de 6 cursos da FAFIL.

À noite aconteceram algumas atividades no prédio da FAFIL com os alunos recém chegados. Ocorreu um jogral com os alunos e alguns professores fazendo um chamado para que todos possam comparecer na reunião que ocorrerá hoje às 15h com a reitoria e fazer a exigência que todos os cursos possam ser reabertos.

O Diretório Acadêmico fez um chamado para o ato que irá acontecer nesta quinta-feira, dia 23 às 19:00h em frente à FAFIL, com exigências contra o fechamento de todos os cursos, pela rematrícula imediata de todos os inadimplentes, redução radical das mensalidades. Foi proposto para que nesta quarta-feira todos os cursos do prédio façam assembleia para explicar a situação da Fundação Santo André e debater a resposta que o movimento estudantil pode apresentar. Veja o vídeo deste chamado na página da Gestão Lute

Membros do Diretório Acadêmico fizeram alguns krafts fazendo essas exigências, que são parte da campanha votada pela gestão na semana passada.

A Faísca - Anticapitalista e Revolucionária - que é parte da gestão também deu seu recado contra os ataques dos patrões e das reitorias defendendo uma saída junto a classe trabalhadora a crise que atinge a universidade.




Tópicos relacionados

#FSA   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar