Mundo Operário

RELATO

Um dia de luta e companheirismo na Prefeitura do Campus da USP

quinta-feira 9 de abril de 2015| Edição do dia

Recebemos hoje uma proposta de reunião para amanhã, às 11h, entre o prefeito, o vice e a comissão da reitoria, e uma comissão de funcionários da Prefeitura, com abertura do portão. Respondemos que vamos apresentar essa proposta na reunião de Unidade amanhã na primeira hora. Hoje, tivemos um dia importante de demonstração de união, companheirismo e força; discutimos mais que problemas individuais... problemas coletivos, tratando do avanço que precisamos exigir sobre respeito nas relações de trabalho e a extinção de práticas de assédio moral e homofobia.

Acredito, que mesmo sendo um dia cansativo, tivemos um dia de vitória. Amanhã a luta continua!

Tava aqui pensando como um dia assim lembra e representa tudo o que vivemos e aprendemos na greve, que eles não vão nos cansar e que não vamos desistir. Que formamos uma massa forte, porque é feita de seres humanos, com suas qualidades e defeitos, que são incríveis por seu potencial transformador e personalidades únicas!

E, depois de um dia inteiro com diversas reuniões cheias, com decisões tomadas por todos, fica uma grande vontade de compartilhar o quanto aprendemos e crescemos nesses momentos. Em conversas com nosso querido Edgar, representante do que existe de melhor na classe trabalhadora, mistura de simplicidade e orgulho! Em conversas com tantos companheiros com tantos anos de casa, que tomam pra si a causa de trabalhadores mais novos e contra a homofobia. Nas conversas com Brandão, que são verdadeiras aulas em que ele conta com a voz embargada e os olhos cheios de água o que foi o massacre no Paraguai! E em meio a tudo isso, as diversas lembranças do nosso querido Paulão.




Tópicos relacionados

São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar