×

Minas Gerais | UFV quer aumentar para R$ 9 valor do bandeijão e atacar direito dos estudantes à alimentação

segunda-feira 22 de novembro | Edição do dia

A Universidade Federal de Viçosa, no interior de Minas Gerais, anunciou na última quinta que irá aumentar o preço dos restaurantes universitários de R$ 1,90 para R$ 9, um aumento exorbitante de mais de 400% que a universidade quer impor para os estudantes.

A UFV alega que o motivo do aumento se dá porque o preço não sofre reajuste há 15 anos, e a nova política da universidade é limitar os gastos com as refeições, e principalmente, “subsidiar apenas os estudantes (do ensino médio à pós-graduação) em situação de vulnerabilidade socioeconômica". Atualmente, todos os estudantes da UFV recebem subsídio integral ou parcial para alimentação, o que a universidade pretende, é reduzir isso somente para os estudantes mais vulneráveis. E com isso implica encarecer o valor do RU que chegará a quase R$ 20 a serem gastos por dia.

A universidade ainda alega que essa política se deve aos cortes milionários que vem sendo descarregados em cima das universidades. Com a decisão, estudantes da universidade fizeram protestos nesta segunda (22) contra essa medida absurda. Muitos falam que é uma política que “veio do nada” e está sendo imposta sem discussão nenhuma. É um ataque brutal principalmente para muitos estudantes que se mantém estudando com uma alimentação a baixo custo.

Essa situação é um reflexo da crise e do desmonte que vem se aprofundando na educação pelo governo Bolsonaro. Isso faz parte de um projeto de educação que vários setores da burguesia defendem para elitizar, ao mesmo tempo que precariza o ensino tornando cada vez mais difícil a permanência nas universidades.

Veja também: Nenhum estudante fica pra trás: por permanência digna e pelo pagamento e reajuste das bolsas PIBID e RP já!{{}}




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias