Sociedade

RACISMO NO ESPORTE

“This is Zlatan”: arrogância, egocentrismo e agora, racismo

Zlatan Ibrahimovic, craque sueco e jogador do Milan, protagonizou uma cena desprezível, com uma agressão racista contra Romelu Lukaku, atacante da Inter de Milão. O bordão, tão usado por seus fãs, “this is Zlatan”, talvez nunca tenha sido tão verdadeiro.

quarta-feira 27 de janeiro| Edição do dia

Foto: Reprodução/DAZN

“This is Zlatan”. É o bordão usado por fãs do jogador sempre que por alguma razão ele se destaca nos noticiários esportivos. Muitas vezes por seus gols, mas na maioria das vezes por todas as outras características que definem sua personalidade: a arrogância de quem se acha melhor que todos, o constante desrespeito com seus adversários, e o seu imparável egocentrismo.

Agora o “This is Zlatan” ganha outra definição. Racista. Ela pode ser bem ilustrada na frase, captada por câmeras de diversos ângulos no jogo da Copa da Itália da última terça (26). “Vá fazer sua merda de voodoo”, foi o que disse para Romelu Lukaku, jogador da Inter de Milão.

Para muitos, a repercussão da agressão racista de Ibrahimovic foi tratada apenas como mais um momento de “This is Zlatan”, mais uma demonstração do “ser icônico” que ele é considerado. Afinal, ele fez um gol, foi racista, e terminou o jogo expulso. Um roteiro típico dos surtos individualistas e preconceituosos de Zlatan Ibrahimovic.

São recorrentes imagens como a vista logo depois de Ibrahimovic disparar seu racismo contra Lukaku: levando seu rosto até o dele, e sentindo-se dono do mundo, prestes a agredi-lo.

Quantas vezes o torcedor que acompanha Ibrahimovic o viu segurar o rosto de adversários, dar socos, proferir agressões verbais e se postando como dono do futebol? Zlatan Ibrahimovic acha que a torcida liga a TV ou vai ao estádio para vê-lo, e não para assistir futebol. No mundo criado dentro de sua cabeça, ele não é uma das estrelas de um espetáculo, mas é o espetáculo em si.

Não me dedico a entrar no mérito do rídiculo de um jogador que nunca foi postulado como melhor jogador do mundo ter a arrogância de um semideus do esporte, pois o caso de racismo leva para segundo plano qualquer discussão esportiva sobre a arrogância de Ibrahimovic.

O importante de fato é, ou deveria ser, questionar o caso de racismo de Ibrahimovic ser tratado como apenas mais um momento de destempero. Ou ao menos entender que a ideia de “This is Zlatan” representa isso: a arrogância e o egocentrismo de uma figura que se acha melhor que todos, e que agora deixou expressar o mais desprezível de sua figura, o racismo.




Tópicos relacionados

Ibrahimovic   /    Lukaku   /    Racismo no Esporte   /    Racismo e Futebol   /    Esportes   /    Itália   /    negras e negros   /    Esporte   /    Futebol   /    Sociedade   /    Cultura

Comentários

Comentar