Sociedade

TERREMOTO NO NEPAL

Terremoto de magnitude 7,9 sacode o Nepal deixa mais de 1400 mortos

sábado 25 de abril de 2015| Edição do dia

Katmandu (capital do Nepal) - Um terremoto de 7,9 graus na escala Richter, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), sacudiu o Nepal neste sábado, provocando importantes danos em Katmandu, capital do país, e em outras regiões.

Inicialmente, o USGS tinha informado que o terremoto era de 7,5 graus, elevando a intensidade do movimento telúrico posteriormente para 7,9 graus.

O tremor foi registrado às 11h56 locais de hoje (3h11 no horário de Brasília), a 81 quilômetros do noroeste de Katmandu. Após o terremoto de maior potência, outras 12 réplicas de menor intensidade - duas delas de 5,5 e 6,6 graus - atingiram o país, informou o USGS.

Vários edifícios antigos (ver imagens) desabaram em Katmandu, incluindo templos e alguns monumentos, e milhares de pessoas estão nas ruas por causa do risco de queda de outros prédios.

As autoridades locais não emitiram até o momento nenhum relatório oficial sobre vítimas nem danos materiais provocados pelo terremoto, que também prejudicou os serviços de telecomunicações e abriu fendas em ruas e calçadas.

O aeroporto internacional de Katmandu foi fechado ao tráfego, de acordo com a imprensa local.

O tremor foi sentido no norte da Índia, desde Calcutá até a fronteira com o Paquistão, especialmente no leste e em regiões que fazem fronteira com o Nepal. O terremoto também chegou ao leste do território paquistanês, com registros na cidade de Peshawar e Lahore.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, anunciou neste sábado que a organização está preparando um grande esforço para auxiliar o Nepal após o terremoto que afetou o país.

Segundo as Nações Unidas, 4,6 milhões de pessoas vivem na área afetada pelo sismo, que provocou grandes danos em casas e outras infraestruturas. O Nepal é um país de 31 milhões de habitantes e formado por 75% de montanhas.

EFE




Tópicos relacionados

Sociedade

Comentários

Comentar