Mundo Operário

SÂO PAULO

Sindicato dos Rodoviários de SP promete paralisação das 10h às 12h

terça-feira 12 de maio de 2015| Edição do dia

O presidente do sindicato, Valdevan Noventa, declarou a imprensa que a cidade vai parar amanhã, pois a partir das dez nenhum terminal vai funcionar. Se cumprir sua promessa, entre as dez e o meio dia a cidade vai paralisar. Até agora o prefeito Haddad não se pronunciou, veremos se o fará amanhã, ou se vai se calar como se o salário dos trabalhadores do transporte urbano não tivesse nada a ver com a prefeitura.

Ano passado, uma greve parcial dos trabalhadores, paralisou as principais regiões da cidade. Contra o acordo que o mesmo Valdevan Noventa fechou com a patronal, contra a vontade da maioria da categoria. Nem depois da greve se iniciar o sindicato mudou de posição e quando a justiça declarou a greve ilegal o presidente do Sindicato foi o primeiro a tirar o corpo fora para escapar da multa.

É neste contexto que a paralisação de hoje se coloca. Um sindicato que já foi superado uma vez pelos trabalhadores e que agora está pisando em ovos para não perder o controle novamente. E os trabalhadores, principalmente os que foram linha de frente ano passado, podem se sentir mais fortes em um momento que o sindicato está convocando medidas de luta.

A depender de como a patronal se posicione, os desdobramentos da campanha salarial dos rodoviários são imprevisíveis. Apesar de toda a combatividade que demonstraram ano passado, faltou aos rodoviários uma organização que fosse uma alternativa às verdadeiras máfias que hoje disputam entre si o controle do sindicato. Nos colocamos a disposição dos trabalhadores e organizações classistas e de esquerda para ajudar na construção desta alternativa.




Tópicos relacionados

São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar