×
Rede Internacional

ACESSO À UNIVERSIDADE | Reitoria nega abertura de novas chamadas, impedindo entrada de estudantes na UFF

Reproduzimos aqui a denúncia de um estudante sobre a medida antidemocrática que a Reitoria da UFF vem levando a frente contra o direito à vagas de estudantes ao ensino superior.

Calvin de OliveiraEstudante de Geografia da UFF - Niterói

sexta-feira 4 de junho | Edição do dia

Foto retirada do site oficial da UFF

“A reitoria da UFF está negando ter próximas chamadas, terceiras, quartas, quintas, quantas for para preencher as vagas. Estão se negando, alegando ser culpa do calendário, da má administração, então esses fatores estão prejudicando, os alunos, ainda mais os que entram nas política das cotas, que são os negros pardos, enfim. Nós estamos sofrendo com isso porque tem pessoas eliminadas na nossa cota e não vai ter próximas chamadas, ou seja, vão ter vagas ociosas.

A gente tá com um grupo no whatsapp onde a gente tenta recorrer, pelo nosso direito das vagas. Por exemplo eu sou da cota **, tem 7 vagas, 5 pessoas foram aptas e 1 foi eliminada. A gente faz alguns movimentos, pra poder chamar atenção do DCE, da UFF pra gente retornar com esse direito das próximas listas, porque, o que acontece a gente teve nós tivemos várias oportunidades de escolher várias faculdades, só que a gente confiou na lista de espera da UFF, e segundo o edital não tinha nada que falava que não haveria próxima chamada, então a gente confiou na chamada da UFF e que que acontece? Eles vacilaram, simplesmente sacanearam a gente e não vai ter próxima chamadas e tá todo mundo lascado.” declarou a estudante que aplicou vestibular pra UFF pelo ENEM que mantemos em anonimidade por questões de segurança e represália.

Durante a sessão do Conselho Universitário(CUV), o Reitor Antonio Carlos Nóbrega declarou que não tinha problema por se tratar somente de 14% das vagas, de acordo com um coordenador de estudos para o vestibular.O Diretório Central Estudantil, ao invés de se colocar na primeira linha de defender os estudantes, vêm organizando diversas assembleias em que primam elogios à essa Reitoria. Além de se colocar durante a mesma sessão do CUV, em uma defesa intransigível do ENEM, sem uma sequer palavra do que significar um vestibular como um filtro social e racial.

Veja também: Interventor bolsonarista Carlos Bulhões desliga cotistas da UFRGS

O Esquerda Diário se coloca em total apoio à luta dos estudantes pelo direito à educação, assim como colocou a disposição durante e antes do dia 29M. Chamamos também a seguir o perfil no instagram @cademinhavagauff onde esses estudante vem se organizando por seu direito.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias