Política

PEC DA MORTE

Quase tão rejeitada como Temer, PEC 55 vai a votação: atos contrários em várias cidades

Hoje o Senado Federal votará em segunda votação a PEC 55 chamada de "PEC da Morte" pelos movimentos sociais. Essa PEC congela os gastos com saúde, educação e diversos direitos sociais por vinte anos. Pesquisa recente da Datafolha mostra que mais rejeitada que essa PEC somente seu idealizador, o golpista Michel Temer.

terça-feira 13 de dezembro de 2016| Edição do dia

Hoje o Senado Federal votará em segunda votação a PEC 55 chamada de "PEC da Morte" pelos movimentos sociais. Essa PEC congela os gastos com saúde, educação e diversos direitos sociais por vinte anos. Pesquisa recente da Datafolha, instituto de pesquisa da Folha de São Paulo que apoia a medida, mostra que essa medida tem um índice de rejeição que é quase tão alto quanto seu idealizador, Michel Temer.

A PEC é rejeitada por 60% dos mais de dois mil entrevistados da pesquisa conduzida nacionalmente nos dias 7 e 8 desse mês. Para 62% dos entrevistados a medida trará mais prejuízos do que benefícios.

Em meio à crise política, diariamente renovada por denúncias oriundas da Lava Jato bem como pela disputa política entre os partidos e entre o congresso e o judiciário, Temer está buscando se aferrar ao poder mostrando serviço atacando nossos direitos.

Contra essa medida estão sendo organizados atos em diversas cidades do país. Já estão chegando em Brasília caravanas onde violenta repressão foi enfrentada na última manifestação e já há informação de revistas e detenções de jovens por portarem vinagre.

Já ocorreram alguns primeiros atos até o momento 11:15 em sete estados: Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Mato Grosso, São Paulo e Minas Gerais.

Os atos ocorridos até o momento consistiram de fechamentos de estradas e avenidas e foram organizados por estudantes que ocupam universidades e movimentos de moradia. O ato no Rio Grande do Sul foi reprimido pela polícia local, traremos mais informações sobre este ato em instantes.

Somados aos atos iniciais que já ocorreram estão convocados atos maiores para o final da tarde em algumas capitais do país, tais como São Paulo, Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro.

Acompanhe a cobertura do Esquerda Diário da votação no Senado e das manifestações em várias cidades do pais.




Tópicos relacionados

PEC 241/55   /    Política

Comentários

Comentar