×

COLÔMBIA | Protestos na Colômbia continuam, em meio a brutal repressão de Iván Duque e policiais

Mesmo com o anúncio da retirada das reformas tributárias neste último domingo (02/04) pelo presidente Iván Duque, a Colômbia segue tendo protestos massivos, ao que o governo respondeu dando carta branca para os policiais serem brutalmente violentos com os manifestantes, inclusive permitindo que hajam assassinatos covardes pelas mãos desta instituição.

terça-feira 4 de maio | Edição do dia

FOTO: EFE/ Ernesto Guzmán Jr.

A Colômbia está no sexto dia seguido de protestos massivos contra a tentativa de implementação da reforma tributária do presidente Iván Duque. Na madrugada de ontem (03/05) para hoje (04/05), as redes sociais se encheram de uma série de denúncias de violência policial e execução de manifestantes que ocorreram em Cali, terceira cidade mais populosa da Colômbia.

Os termos "Colômbia" e “#SOSColômbia” chegaram aos trending topics do twitter durante a madrugada de terça-feira, ao que eram usadas junto com cenas de violência policial nas ruas de Cali. No tweet abaixo vemos um vídeo de um policial executando um civil que andava na calçada.

Ao menos 26 pessoas foram assassinadas pela polícia durante os protestos. O ministro da Defesa chamou os manifestantes de “terroristas”, e o presidente disse que as manifestações são “terrorismo de baixa intensidade”.

O anúncio da retirada da reforma tributária anunciada pelo presidente Iván Duque neste domingo não foi suficiente para evitar os novos os protestos e manifestações que continuaram em diferentes cidades. O Comitê Nacional de Paro convocou a continuação das mobilizações e uma manifestação nacional em 5 de maio.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias