Mundo Operário

I CONGRESSO DO MRT

Professores de São Paulo compartilham suas impressões sobre I Congresso do MRT

Durante os dias 17,18 e 19 de julho ocorreu o I Congresso do MRT. A sessão do dia 17 foi aberta e discutiu a situação política internacional. Vejam depoimentos de professores da Rede pública do Estado de São Paulo que participaram da sessão aberta e conheça suas primeiras impressões do congresso.

quarta-feira 22 de julho de 2015| Edição do dia


Nancy Vargas, professora em Santo André

Foi um grande prazer e aprendizado participar da abertura do Primeiro Congresso do MRT. Não me sinto a altura em fazer comentários, mas a riqueza do debate com vários especialistas internacionais falando sobre a crise do capitalismo no mundo, principalmente a situação da Grécia, com o prejuízo maior para a classe trabalhadora, e a repercussão é geral. Foi para mim, importante para a compreensão do que pode estar faltando para agregarmos mais adesões, participações da sociedade e particularmente na minha categoria, a dos professores!

A formação, a informação verdadeira é o que falta para atingir as massas. Independente da formação escolar, a formação que falo é a política, a politização somente será possível quando os responsáveis em disseminar estas informações não se fecharem para o seu próprio mundo e subestimar as bases.

Vou repetir: só conseguiremos vitórias unindo forças e o debate que ouvi nesse congresso e em outros encontros de esquerda foi unânime nesse ponto. Então: qual o problema?

Acho que é por aqui o caminho: Ler, conhecer muito e depois fazer contribuições. Isso é o que a esquerda deve entender como unidade das forças.
Isso é o que nos faz falta!


Vinicius Diello, professor na Zona Norte de São Paulo

"Fui convidado para participar da abertura do 1° Congresso do MRT realizado na última sexta-feira dia 17. Me surpreendeu a profundidade com que os camaradas trataram os assuntos das crises atuais, principalmente a questão grega. Gostei muito de ver muitos camaradas que estão empenhados em construir uma plataforma de esquerda no Brasil que responda às demandas dos trabalhadores. Em breve espero fazer parte desse partido!"


Tatiana Ramos, professora na Zona Norte de São Paulo

"O primeiro congresso nacional do MRT ocorreu nesta última sexta feira e contou com a participação de militantes do movimento e de convidados como membro do PSTU e do PSOL entre outros movimentos que saudaram e salientaram a importância do MRT. Tratou de assuntos importantes como a crise na Grécia, a atuação do Syriza e a atuação dos sindicatos no Brasil e no mundo.
O Movimento Revolucionário de Trabalhadores segue uma linha trotskista internacionalista e nos lugares onde atuam buscam impulsionar as bases para que estes sejam sujeitos capazes de conduzir de sua própria história. Espero que durante os outros dias que seguiram o congresso tenha tirado importantes lutas para combater as opressões do capitalismo."


Jomo O. Campos, professor e historiador

“Entre os dias 17 e 19 de Julho de 2015 ocorreu o I Congresso do MRT – Movimento Revolucionário de Trabalhadores, fundado em Abril deste ano. Foi uma ótima oportunidade para se atualizar tanto em relação à conjuntura política internacional bem como a nacional”.


Samantha Urbach, professora da Zona Oeste de São Paulo

"Diante das crises pelo mundo todo o primeiro congresso do MRT (Movimento Revolucionário de Trabalhadores) chama a classe operária para luta, para debater maneiras de como alavancar esta luta. Como parte desta nova militância, acredito ser de extrema importância se organizar, e se orientar ao máximo para não deixarmos que os ataques do governo precarizem cada vez mais as vidas dos trabalhadores. Atuei ativamente na greve de professores de 2013, porém percebi que não bastava somente agir sozinha. Era necessário me organizar politicamente, foi que fiz junto muitos outros companheiros em 2015, ao iniciar minha militância pelos Professores pela Base. Atuamos dentro do sindicato (apeosp) para retomar este instrumento de luta que pertence aos professores, que tem sido distorcido pela atual direção majoritária."




Tópicos relacionados

I Congresso do MRT   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar