×

PIB | Prévia do PIB indica queda de 0,15% em agosto, com queda no consumo

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que funciona como prévia do PIB, indicou uma queda 0,15% em agosto. A queda produção industrial e a forte diminuição das vendas no varejo puxaram o índice para baixo.

sexta-feira 15 de outubro | Edição do dia

(Foto: Agência Brasil)

A retração da indústria foi de 0,7% em agosto. Mas a principal queda foi nas vendas no varejo, que caíram 3,1%. Esse resultado é diretamente ligado ao aumento da inflação, do desemprego alto e, consequentemente, o menor poder de compra das famílias, diminuindo sua capacidade de consumo.

Os serviços, no entanto, avançaram 0,5% no mês. Com o resultado de agosto, o acumulado de 12 meses do IBC-Br indica aumento de 3,99%. Em maio, o IBC-Br já havia tido um resultado negativo, o que demonstra a recuperação do PIB não deve ser forte como se imaginava inicialmente.

A chamada recuperação da economia ainda traz outras contradições. O desemprego, mesmo tendo sofrido pequenas quedas nos últimos 2 meses, ainda atinge cerca de 14 milhões de pessoas, além do altíssimo índice de informalidade e os salários, que não vem apresentando crescimento.

Além disso, a inflação, que recentemente ultrapassou os 10% no acumulado de 12 meses, deve seguir bastante alta. Segundo as previsões do mercado, reunidos no Boletim Focus, o IPCA deve fechar o ano em 8,59%. No entanto, as previsões de qual será a inflação no fim de 2021 subiu nas últimas 27 semanas seguidas.

Estes dados dificultam o cenário para um aumento do PIB, como o IBC-Br de agosto demonstram, e deixam claro o cenário de grandes dificuldades econômicas para os trabalhadores brasileiros no momento.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias