Sociedade

ESPÍRITO SANTO

Prefeito de Serra (ES) não comparece em reunião e guardas agridem mulheres e deficientes

No dia 29/04/2021, estava marcada uma reunião com o prefeito Sérgio Vidigal (PDT) sobre a inclusão das pessoas com deficiência na cidade de Serra (ES), mas segundo denúncias o que ele fez foi desmarcar e as mães e seus filhos foram recebidos com agressões na prefeitura.

terça-feira 4 de maio| Edição do dia

Imagem: Fabio Vicentini/ A Gazeta

A situação foi descrita em uma nota de repúdio escrita pelo coletivo “Mães Eficientes Somos Nós”, que tem cadeira de representação no Conselho Municipal de Direitos Humanos e no Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos. Os prefeitos, que estão mais preocupados em garantir o interesse dos empresários, dos fazendeiros e de suas amizades, demonstram não se importar com a inclusão das pessoas com deficiência.

O PDT, que se diz oposição ao governo Bolsonaro, afinal de contas reprime as mães de deficientes com a mesma truculência que o presidente o faria. O capitalismo não comporta o diferente e o que não dá lucro e leva esses grupos a um lugar marginalizado perante a sociedade. Leia o brutal relato abaixo:

NOTA DE REPÚDIO À AÇÃO TRUCULENTA E COVARDE OCORRIDO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA NA TARDE DO DIA 29/04/2021

O COLETIVO MÃES EFICIENTES SOMOS NÓS, COMPOSTO MAJORITARIAMENTE POR MULHERES, MÃES, AVÓS, IRMÃS E TIAS DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, QUE LUTAM PELOS DIREITOS DOS(AS) SEUS(SUAS), LEVANDO COMO LEMA INCLUSÃO REAL JÁ SOMA EM TORNO DE 300 DE FAMÍLIAS, QUE HOJE VEM POR MEIO DESTA MANIFESTAR TOTAL REPÚDIO À FORMA VIOLENTA COMO ALGUMAS MÃES E FILHOS(AS) DO COLETIVO FORAM RECEBIDOS(AS) ONTEM NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA.

O COLETIVO MANTINHA UMA AGENDA MENSAL DE REUNIÕES COM A PMS, TODAS ÀS ÚLTIMAS TERÇAS-FEIRAS (PAUTA DA EDUCAÇÃO) E QUINTAS-FEIRAS (PAUTA DA SAÚDE) DO MÊS. ESTAS REUNIÕES TEM COMO EXIGÊNCIA DO COLETIVO A PARTICIPAÇÃO DO(A) SECRETÁRIO(A) DA PASTA, UMA VEZ QUE EM NOSSA EXPERIÊNCIA DE ANOS DE MILITÂNCIA OBSERVAMOS MUITO JOGO DE EMPURRA DOS TÉCNICOS(AS) QUE SEMPRE DIZIAM QUE IRIAM LEVAR NOSSAS DEMANDAS PARA SEREM DISCUTIDAS COM OS(AS) SECRETÁRIOS(AS) E NÃO OBTÍNHAMOS NENHUMA RESPOSTA. DESTA FORMA, DESDE A GESTÃO ANTERIOR JÁ TÍNHAMOS ESTE COMPROMISSO COLETIVO DE NÃO ACEITARMOS REUNIÃO SEM OS(AS) GESTORES(AS). ENTREGAMOS NAS MÃOS DO PREFEITO VIDIGAL NO DIA 12 DE MARÇO DESTE ANO UMA CARTA DE COMPROMISSO QUE FOI ASSINADA POR ELE E COMPACTUAMOS OS DIAS QUE ACONTECERIAM AS REUNIÕES. AO ENTRARMOS NA REUNIÃO VIRTUAL MENSAL COM A PASTA DA SAÚDE, MARCADA DESDE ESSE DIA, E QUE ACONTECERIA ONTEM, FOMOS INFORMADAS POR REPRESENTANTES DO GOVERNO DE QUE A SECRETÁRIA DE SAÚDE NÃO IRIA PARTICIPAR DA REUNIÃO. ISSO PORQUE O PREFEITO AGENDOU UMA REUNIÃO COM TODO O SECRETARIADO NO MESMO DIA E HORÁRIO QUE JÁ FICA PREVIAMENTE AGENDADO CONOSCO. MEDIANTE A ESSE FATO, AS MÃES DECIDIRAM COLETIVAMENTE QUE IRIAM PARA A PREFEITURA FAZER A REUNIÃO PRESENCIAL COM O PREFEITO E A SECRETÁRIA DE SAÚDE JÁ QUE NOSSAS DEMANDAS TINHAM MENOR IMPORTÂNCIA.

INFORMAMOS AOS(ÀS) REPRESENTANTES DO GOVERNO QUE ENTRARAM NA SALA VIRTUAL QUE IRÍAMOS PARA A PREFEITURA POIS SABÍAMOS QUE LÁ ENCONTRARÍAMOS O PREFEITO E A SECRETÁRIA DE SAÚDE, ALÉM DISSO INFORMAMOS NO GRUPO DE WHATSAPP QUE TÍNHAMOS COM TODOS OS GESTORES INCLUSIVE O PRÓPRIO PREFEITO QUE IRÍAMOS PARA A PREFEITURA E QUE APÓS O TÉRMINO DESTA REUNIÃO MARCADA PELO PREFEITO IRÍAMOS FAZER A NOSSA. SAÍMOS DE NOSSAS CASAS COM NOSSOS(AS) FILHOS(AS), A MAIORIA USANDO O TRANSPORTE PÚBLICO E CHEGAMOS NA PREFEITURA POR VOLTA DE 16H. MESMO EM HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO O PORTÃO DA PREFEITURA ESTAVA TRANCADO E NÃO QUISERAM ABRIR, MESMO COM AS MÃES ESTANDO EMBAIXO DE CHUVA. A PRIMEIRA MÃE FICOU CERCA DE 20 MINUTOS COM SUA FILHA CRIANÇA, COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL, AGUARDANDO A LIBERAÇÃO PARA ENTRAR. OUTRAS MÃES QUE CHEGARAM DEPOIS TAMBÉM PASSARAM PELO MESMO DISSABOR. DEPOIS DE ENTRAREM NA PARTE EXTERNA DA PREFEITURA, AS MÃES AGUARDAVAM ALI O TÉRMINO DA REUNIÃO DO SECRETARIADO PARA ENTRAREM E SE REUNIREM COM O PREFEITO E A SECRETÁRIA DE SAÚDE, INFORMAMOS O SENHOR NETO REPRESENTANTE DO GOVERNO DISSO. AINDA ASSIM, QUANDO MENOS ESPERÁVAMOS OS SEGURANÇAS DA PMS TENTARAM FECHAR A PORTA DA PREFEITURA NO INTUITO DE NOS IMPEDIR DE ENTRAR. POR ESTA RAZÃO, AS MÃES QUE PERCEBERAM A AÇÃO SE ENFIARAM ENTRE A PORTA PARA IMPEDI-LOS DE FECHÁ-LA, JÁ QUE O PREFEITO JÁ TINHA SIDO AVISADO DE QUE NÃO SAIRÍAMOS DALI SEM A NOSSA REUNIÃO.

OS VÍDEOS GRAVADOS E PUBLICIZADOS EM NAS REDES SOCIAIS MOSTRAM O TOTAL DESPREPARO E TRUCULÊNCIA DOS SEGURANÇAS E FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA NO TRATAMENTO COM MÃES DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E SEUS(SUAS) FILHOS(AS) COM DEFICIÊNCIA. MESMO COM AS MÃES FAZENDO BARREIRA CORPORAL PARA IMPEDIR O FECHAMENTO DA PORTA DA CASA DO POVO, OS MACHOS ALI FICARAM FORÇANDO A PORTA CONTRA NOSSOS CORPOS, NOS MACHUCANDO, SEM SE IMPORTAREM COM NOSSOS(AS) FILHOS(AS) QUE ALI VIAM TUDO, MUITOS DOS QUAIS CRIANÇAS. UM DOS SEGURANÇAS PEGOU NO SEIO DE UMA DAS MÃES DO COLETIVO QUE ESTAVA NA BARREIRA HUMANA. ESTE SUJEITO NÃO USAVA SEQUER MÁSCARA DE PROTEÇÃO, PARA PROTEÇÃO CONTRA A COVID. ALIÁS TODA A AÇÃO GEROU AGLOMERAÇÃO TANTO DE NOSSAS FAMÍLIAS QUANTO DOS SEGURANÇAS QUE TENTAVAM NOS IMPEDIR DE ENTRAR E TAMBÉM DE MUITOS CURIOSOS QUE ESTAVAM DENTRO DA PREFEITURA E NÃO TIVERAM QUALQUER INICIATIVA SOBRE A SITUAÇÃO A NÃO SER FICAR OBSERVANDO.

MESMO COM NOSSO(AS) FILHOS(AS) EM SURTO, OS SEGURANÇAS CONTINUAVAM A TENTAR NOS INTIMIDAR. UM DOS SEGURANÇAS FICOU FALANDO COM AS MÃES QUE ESTÁVAMOS USANDO CRIANÇAS PARA NOS APARECER. MAS NÃO CONSEGUIRAM NOS INTIMIDAR, RESISTIMOS ATÉ QUE SE CANSARAM E A PORTA AFROUXOU, MOMENTO QUE TRÊS MÃES QUE ESTAVAM COMO BARREIRA HUMANA CONSEGUIRAM ENTRAR NA RECEPÇÃO DA PREFEITURA. OUTRAS FORAM IMPEDIDAS PELOS SEGURANÇAS DE ENTRAREM. EM DETERMINADO MOMENTO UM DOS SEGURANÇAS DA PREFEITURA SAIU E AGREDIU UM ADOLESCENTE AUTISTA QUE ESTAVA ALI LUTANDO COM SUA MÃE PARA TER O SEU DIREITO À SAÚDE GARANTIDO. OUTRA CRIANÇA DE 9 ANOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL RELATOU CHORANDO QUE BATERAM NA BARRIGA DELA. E UM JOVEM COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL FOI EMPURRADO. MEDIANTE AO OCORRIDO O SEGURANÇA FUGIU COVARDEMENTE PARA DENTRO DA PREFEITURA PARA SE ESCONDER E TEVE A COBERTURA DO CHEFE DE SEGURANÇA DA PREFEITURA. UMA DE NOSSAS MÃES LIGOU PARA A POLÍCIA. PARA NOSSA SURPRESA QUANDO A GUARDA MUNICIPAL CHEGOU VIERAM FICAR NOS ESCOLTANDO GUARDANDO O PATRIMÔNIO PÚBLICO E NOS IMPEDINDO DE SUBIR ATÉ O GABINETE, AO INVÉS DE IREM ATRÁS DO SEGURANÇA QUE BATEU EM NOSSOS(AS) FILHOS(AS) COM DEFICIÊNCIA.

MEDIANTE AO OCORRIDO, DECIDIMOS QUE IRÍAMOS FICAR ACAMPADAS NA PREFEITURA SE FOSSE O CASO PARA AGUARDAR O PREFEITO RETORNAR NO OUTRO DIA, CASO NÃO VOLTASSE PARA NOS ATENDER, JÁ QUE MESMO SABENDO QUE ALI ESTÁVAMOS PREFERIU IR EMBORA. DEPOIS DE ALGUM TEMPO REPRESENTANTES DA PREFEITURA VIERAM CONVERSAR COM AS MÃES TENTANDO NOS CONVENCER DE VOLTAR PARA NOSSAS CASAS DIZENDO QUE O PREFEITO E A SECRETÁRIA TINHAM IDO EMBORA E QUE NOS ATENDERIAM NO OUTRO DIA, MAS NÃO PODÍAMOS FAZER ISSO. PRECISÁVAMOS DE UM PEDIDO DE DESCULPAS, PRECISÁVAMOS QUE ALGUÉM PUNISSE AQUELES ALGOZES. ASSIM FICAMOS ALI ATÉ QUE A SECRETÁRIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E UM ASSESSOR DO PREFEITO NOS AUTORIZOU A SUBIR E AGUARDAR NO GABINETE DO PREFEITO.
NO GABINETE NÃO ACEITAMOS CONVERSAR COM REPRESENTANTE DO PREFEITO APENAS E SUA SECRETÁRIA, PRECISÁVAMOS DO PREFEITO ALI PARA NOS OUVIR, PARA VER NOSSOS(AS) FILHOS(AS), PARA NOS PEDIR DESCULPAS. DEPOIS DE MUITA RESISTÊNCIA E DISPOSTAS A DORMIR COM NOSSOS(AS) FILHOS(AS) ALI NO GABINETE, O PREFEITO RETORNOU PARA NOS ATENDER. A REUNIÃO ACONTECEU, AS PAUTAS SAÚDE FORAM COLOCADAS, ESCUTAMOS EXPLICAÇÕES SOBRE A REUNIÃO SEGUNDO ELE MARCADA DE URGÊNCIA. MAS ESTAMOS FARTAS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NUNCA SER PRIORIDADE EM LUGAR NENHUM. TUDO QUE TEMOS DE DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA TEM SIDO HISTORICAMENTE CONQUISTADO COM MUITA LUTA. OUVIMOS DE TUDO NA REUNIÃO, MAS NÃO OUVIMOS QUALQUER PEDIDO DE DESCULPAS POR PARTE DO PREFEITO SOBRE A TRUCULÊNCIA COM QUE FOMOS RECEBIDAS. MESMO OUVINDO NOSSOS RELATOS SOBRE A AGRESSÃO DE TRÊS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E CONTRA AS MÃES, A RESPOSTA DO PREFEITO É QUE FOSSEMOS FAZER UM B.O. PEDIMOS A ELE NESTE MOMENTO QUE NOS CEDESSE AS IMAGENS INTERNAS E EXTERNAS GRAVAS POR CÂMERAS DA PREFEITURA E RAPIDAMENTE O CHEFE DA SEGURANÇA VEIO ATÉ A ELE DIZER QUE NÃO IAM CEDER A MENOS QUE FOSSE COM PEDIDO DA POLÍCIA.

GOSTARÍAMOS DE SABER COMO FAREMOS B.O. COM NOSSOS(AS) FILHOS(AS) EM CRISE, SURTADOS, DEPOIS DO QUE PASSARAM ONTEM? NÃO CONSEGUIMOS SAIR DE CASA SENHOR PREFEITO NEM PARA LEVAR NOSSOS FILHOS AO MÉDICO QUANDO ESTÃO EM CRISE. O SENHOR SABE DISSO MUITO BEM POIS É PSIQUIATRA. NOSSAS MÃES ESTÃO HÁ ANOS SEM FAZER EXAMES PREVENTIVOS PORQUE NÃO CONSEGUEM IR AO POSTO AGENDAR, PORQUE NÃO TÊM COM QUEM DEIXAR OS(AS) FILHOS(AS). TODOS OS DIAS VÁRIAS MÃES DESTE COLETIVO PROCURAM AS COORDENADORAS DIZENDO QUE VÃO SE MATAR, POIS NÃO AGUENTAM MAIS CUIDAR SOZINHAS DE SEUS FILHOS PORQUE O ESTADO TEM SIDO OMISSO NA OFERTA DE REDE DE APOIO PARA O CUIDADO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA. ESTAMOS FARTAS DE NOS CHAMAREM DE MAL EDUCADAS E GROSAS QUANDO SURTAMOS EM REUNIÕES PORQUE VOCÊS GESTORES NÃO PRIORIZARAM OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA. ESTAMOS FARTAS! POR ISSO UM DOS NOSSOS LEMAS AGORA É SE AS PORTAS DA INCLUSÃO NÃO SE ABRIREM NÓS AS DERRUBAMOS!!! E NÃO HÁ NINGUÉM QUE NOS IMPEDIRÁ DE LUTAR PELOS DIREITOS DOS NOSSOS(AS) FILHOS(AS) COM DEFICIÊNCIA! PODEM NOS PROCESSAR, PODEM NOS PRENDER E PODEM ATÉ NOS MATAR. SOMOS SEMENTES E VAMOS BROTAR SEMPRE!

LEMBRANDO QUE ESTE COLETIVO TEM CADEIRA DE REPRESENTAÇÃO NO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIRETOS HUMANOS (CMDH) E NO COMITÊ ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS (CEEDH-ES).

SERRA, 01 DE MAIO DE 2021




Tópicos relacionados

Repressão policial   /    Espírito Santo   /    Espírito Santo   /    PDT   /    Repressão   /    Sociedade

Comentários

Comentar