Cultura

POESIA

Numa avalanche rosa-choque...

Patricia Galvão

Trabalhadora da USP e integrante da Secretaria de Mulheres do SINTUSP

terça-feira 3 de maio de 2016| Edição do dia

Numa avalanche rosa-choque, é preciso arrancar alegria ao futuro!
Vermelho fundido à juventude

Principistas não têm medo
Nem receio de lutar.
De dar um combate contra burocracia
Contra os cínicos e céticos

Essas vestes puídas não nos servem mais
A roupa nova da juventude traz também a tradição daqueles que lutaram
Não começamos do zero!

Seremos a faísca incendiária acesa desde antes daquele primeiro de maio

Estaremos em Chicago, em São Paulo, em terras hermanas
Em todo lugar
Somos uma classe e sem fronteiras!




Tópicos relacionados

Faísca - Juventude Revolucionária e Anticapitalista   /    Poesia   /    Cultura

Comentários

Comentar