Gênero e sexualidade

CAMPANHA PELA READMISSÃO DE ANDRÉIA

Nota de solidariedade do MML a Andreia Pires trabalhadora da JBS demitida por lutar! Readmissão Já!

Reproduzimos aqui a nota de solidariedade do Movimento Mulheres em Luta à Andréia Pires.

quarta-feira 22 de julho de 2015| Edição do dia

No dia 16 de janeiro de 2015, a cipeira Andreia Pires foi demitida por justa causa, apesar de ter estabilidade garantida até setembro. Essa demissão, não por coincidência, veio após Andreia com um grupo de trabalhadores organizarem um abaixo-assinado contra a cobrança da refeição na empresa, até então gratuita. Um abaixo-assinado que exigia espaços de diálogo com a patronal diante de todos os ataques que os trabalhadores da planta já vinham sofrendo, como aumento abusivo do convênio médico e odontológico. Porém, a JBS rasgou as leis trabalhistas mais uma vez demitindo a trabalhadora.

Vale lembrar que a JBS foi a principal doadora das campanhas de Dilma, Aécio e Marina Silva. Não à toa, foi uma das empresas que mais recebeu financiamento do BNDES, chegando ao patamar de gigante da indústria da carne, setor com nível elevado de acidentes e mortes no trabalho. Por isso, reprimem qualquer forma de organização dos trabalhadores, possuem aval do governo e de todos os partidos burgueses para que explorem cada vez mais. Não podemos permitir represálias contra Andreia Pires e nenhum trabalhador.

Também lembramos que Andreia é um exemplo dentre milhares de mulheres trabalhadoras no país que vivem a precarização cotidiana no trabalho e na vidas, muitas delas estão no setor de alimentação e limpeza das fábricas, como era o caso de Andreia que trabalhava na higienização das máquinas. São trabalhadoras precárias e invisíveis que enfrentam a dupla ou tripla jornada de trabalho, sofrendo ainda mais com o assédio moral e acidentes de trabalho. É preciso dar um basta nessa realidade!

O Movimento Mulheres em Luta se solidariza com a trabalhadora Andreia Pires, com a luta pela sua readmissão e contra as péssimas condições de trabalho e assédio moral na JBS!

Veja também o vídeo da entrevista em:

Entrevista feita pelo Movimento Mulheres em Luta com Andreia Pires, operária trabalhadora do setor da alimentação/frigor...

Posted by Movimento Mulheres em Luta on Quinta, 26 de março de 2015




Tópicos relacionados

Gênero e sexualidade   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar