×

Justiça para Evaldo e Luciano | Militares assassinos que dispararam 257 vezes contra carro de Evaldo são condenados no Rio

Evaldo Rosa e o coletor de reciclados Luciano Macedo foram brutalmente assassinados por militares do Exército em 2019 em plena luz do dia no Rio de Janeiro. Foram disparados ao todo 257 vezes na direção do veículo de Evaldo, Luciano que tentou socorrer Evaldo também foi brutalmente morto pelos militares. A defesa dos militares irá recorrer.

quinta-feira 14 de outubro | Edição do dia

Foram condenados na noite de ontem(13) os militares assassinos responsáveis pela brutal execução do músico Evaldo Rosa e do coletor de recicláveis Luciano Macedo. O julgamento, que durou ao todo 15 horas, foi acompanhado pelas famílias.

Em abril de 2019 o carro de Evaldo e sua família foi fuzilado pelo exército com 257 tiros, 62 deles acertaram diretamente seu carro em Guadalupe, zona norte do Rio de Janeiro. Luciano que tentou socorrer Evaldo também foi brutalmente morto pelos militares do Exército.

A condenação foi de 31 anos em regime fechado para Tenente Nunes e todos os outros sete foram condenados a 28 anos de reclusão e regime fechado.

A defesa dos militares ainda irá recorrer do caso. Enquanto a sentença não for finalizada no arbitrário e condescendente Superior Tribunal Militar, todos os envolvidos seguem em liberdade.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias