Mundo Operário

TRABALHADORES DA SAÚDE NO RECIFE

Maqueiros se mobilizam contra demissões em massa no Recife

Trabalhando na linha de frente durante a pandemia, os trabalhadores foram demitidos por telefone sem explicação.

segunda-feira 3 de agosto| Edição do dia

Tião Siqueira/JC Imagem

Mesmo tendo salvado milhares de vida durante a pandemia de coronavírus, no meio do caos sanitário deixado pelo governador Paulo Câmara (PSB), o governo pernambucano não parece ter o menor apreço pelos profissionais da saúde.

Dos inúmeros absurdos que podemos citar, um deles ocorreu na última semana, quando vários maqueiros tercerizados do hospital estadual Otávio de Freitas, foram demitidos. A demissão ocorreu por telefone, sem nenhuma grande explicação.

Trabalhadores terceirizados por OS, não possuem estabilidade nem muitos direitos. Além disso, muitas vezes não são nem mesmo tratados como trabalhadores da saúde, apesar de estarem na linha de frente do combate à pandemia.

Ver também: Frente à pandemia, iguais direitos e condições a todos trabalhadores da saúde!

Como comenta Carlos, um dos trabalhadores demitidos:

Trabalhamos durante a pandemia e fomos chamados de braço direito pelo diretor do hospital e agora cortam o braço e jogam fora.

A pandemia vai evidenciando o total desprezo que os capitalistas e seus governantes tem pela vida dos trabalhadores. No entanto, os trabalhadores não deixaram barato e na manhã de hoje se mobilizaram na porta do hospital.

Nos do MRT e do Esquerda Diário nos solidarizamos com os trabalhadores demitidos e apoiamos sua luta. É necessário também que essa luta avance para questionar a terceirização, um dos pilares da precarização laboral no Brasil hoje. Por isso é necessário levantar a pauta da reincorporação dos trabalhadores como efetivos sem necessidade de concurso público! A confluência entre os trabalhadores terceirizados e os entregadores, que vem realizando mobilizações recentemente, é o caminho que temos que apostar para enfrentar os ataques que os capitalistas querem descarregar sobre as cotas da classe trabalhadora!




Tópicos relacionados

Paulo Câmara (PSB)   /    Pernambuco   /    Recife   /    Coronavírus   /    Recife   /    Saúde   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar