Política

Manifestação em São Bernardo: Quem mandou matar Marielle Franco?

No último sábado (16) aproximadamente 200 manifestantes ocuparam a praça Matriz em São Bernardo do Campo se somando ao coro nacional: Quem mandou matar Marielle Franco?

domingo 17 de março| Edição do dia

No último dia 14 completou um ano do assassinato de Marielle, dois dias antes foram presos dois PMs suspeitos desse brutal assassinato, policiais esses que moravam no mesmo condomínio de luxo de Jair Bolsonaro. a ligação do assassinato de Marielle com a policia, as milicias e provavelmente a família Bolsonaro, nos mostra que esse não foi mais um crime "comum", ou um crime de ódio, como apontam as investigações. A morte de Marielle escancara a ferida do golpe institucional e se coloca como um crime politico arquitetado pelo Estado, não contra a figura de Marielle somente, mas as ideias que ela defendia.

A manifestação que ocorreu em São Bernardo contou a participação de diversas organizações politicas e sociais e ecoou a pergunta que esta na boca de milhões de pessoas: Quem mandou matar Marielle Franco?

O grupo de mulheres Pão e Rosas esteve presente na manifestação levando uma politica de denuncia ao Estado e de exigência por uma investigação independente. Não pode ser ajustiça burguesa que desde o golpe institucional vem mostrando todo seu autoritarismo e suas manobras a julgar esse crime, não podemos confiar na policia que mata milhares de jovens negros todos os anos.

Apenas uma forte mobilização nacional poderá impor ao Estado todas as condições para que ocorra uma investigação independente , onde se garanta o acesso a todos os arquivos para organismos de direitos humanos, peritos, parlamentares do PSOL, representantes de sindicatos e organizações sociais, sejam parte dessa investigação.

#MariellePresente
#QuemMandouMatarMarielleFranco?




Tópicos relacionados

1 ANO SEM MARIELLE   /    Marielle Franco   /    ABC paulista   /    Política

Comentários

Comentar