Mundo Operário

Todo apoio à luta dos rodoviários do DF!

“Mais de 30 companheiros mortos de COVID, temos um governo irresponsável”, diz rodoviário no DF

No dia 3, os rodoviários do DF paralisaram 100% da frota, reivindicando vacinação imediata para a categoria e pagamento dos salários atrasados. O Esquerda Diário entrevistou um rodoviário que comentou um pouco sobre como está a situação da categoria

quarta-feira 5 de maio| Edição do dia

Foto:G1

No dia 3, os rodoviários do DF demonstraram uma enorme força e paralisaram 100% da frota, reivindicando vacinação imediata para a categoria e pagamento dos salários atrasados.

Saiba mais: Rodoviários do DF paralisam 100% da frota nesta segunda reivindicando vacinação

O Esquerda Diário entrevistou um rodoviário que comentou um pouco sobre como está a situação da categoria. São mais de 30 mortos entre os rodoviários do DF, condições insalubres de trabalho nos ônibus lotados - estes que transportam uma grande maioria de negras e negros, terceirizados, em sua maioria obrigados a trabalhar sem condições mínimas de higiene e segurança no meio da pandemia. A superlotação do transporte e a morte dos rodoviários é mais uma prova do tremendo descaso dos patrões do transporte privado, Bolsonaro, Ibaneis e todos os golpistas desse regime.

Trabalhadores da Marechal, TCB, Urbi, Piracicabana e tantas outras aderiram com uma força gigantesca à paralisação, demonstrando que a categoria está disposta a lutar. É um exemplo para toda a classe operária brasileira, de que ela não está vencida e mesmo em tempos difíceis como esses, os trabalhadores estão dispostos à luta e podem enfrentar os patrões e seus governos.

Saiba mais: "Só de ontem pra hoje já foram 3 cobradores e 2 motoristas. Tudo de covid", motorista denuncia mortes

As mortes são culpa do negacionista Bolsonaro, que quer que os trabalhadores paguem pela crise e trabalhem sem nenhuma condição de higiene e sem vacinas. Seu capacho racista Ibaneis Rocha, desde sua mansão requintada no Lago Sul, também é responsável direto e nada quer saber dos rodoviários e da classe operária brasiliense. Da mesma forma, o judiciário, ator fundamental do golpe institucional e da aprovação das reformas ultraneoliberais, tentou restringir o direito de paralisação da categoria determinando 40 e 60% de circulação nos horários de pico, com uma pena para o descumprimento de R$ 50 mil! Foi a mesma coisa que fizeram com a greve dos metroviários recentemente. Todos querem fazer os trabalhadores pagarem pela crise, mas quem a criou são os capitalistas, foi Bolsonaro, Mourão, Ibaneis e todos os golpistas desse regime podre. Todos estão juntos na preservação completa das patentes das vacinas, assegurando lucros bilionários para meia-dúzia de burgueses imperialistas. Não devemos nenhuma confiança a eles!

No DF, completam-se 2 semanas de greve dos metroviários que enfrentam Ibaneis e o judiciário, lutando também pelos seus direitos e por vacinas. A união dessas lutas, com uma articulação junto de toda a população para mostrar que essa é uma luta de todo povo pobre e trabalhador do DF, poderia tornar mais forte a mobilização por vacina para todos, mostrando que os culpados por essa catástrofe são os capitalistas e todo esse regime! É fundamental que as centrais sindicais organizem essa unificação, pois juntos os trabalhadores são mais fortes!

Só a classe operária unida e mobilizada é que pode fazer com que os capitalistas paguem pela crise. Um grande exemplo é a classe trabalhadora, a juventude e os povos originários na última semana na Colômbia, fazendo recuar o reacionário Iván Duque e sua Reforma Tributária.

Veja também: Contra os despejos racistas de Ibaneis na Ocupação CCBB, é preciso unificar as lutas!

O Esquerda Diário se coloca totalmente à disposição da categoria, para receber denúncias e relatos, a fim de divulgar o mais amplamente possível a luta e dar voz aos trabalhadores! É nesse sentido que fizemos o último Esquerda Diário 5 Minutos, um dos nossos podcasts e que nesse episódio trata da luta da categoria.

ED 5 minutos 04/05: Ana Carolina de Jesus e Samyr Rangel falam sobre a paralisação dos rodoviários

Para entrar contato, escreva para o e-mail: [email protected] Envie sua denúncia anônima para nossa equipe: 11 97750-9596




Tópicos relacionados

Vacinas para Todos e Quebra de Patentes   /    metroviários   /    Ibaneis Rocha   /    Coronavírus   /    rodoviários   /    Racismo   /    Brasília   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar