Internacional

VENEZUELA

MRT repudia nova tentativa de golpe pró-imperialista de Guaidó na Venezuela

terça-feira 30 de abril| Edição do dia

Na manhã dessa terça-feira, dia 30 de abril, o autoproclamado “presidente interino” apoiado pelo imperialismo de Trump e pelo governo de direita de Bolsonaro, Juan Guaidó chamou novamente os militares a tentarem um novo golpe na Venezuela. Como já havia acontecido nas tentativas fracassadas anteriormente, John Bolton, assessor de Segurança Nacional da Casa Branca saiu rapidamente chamando o exército a apoiar as “instituições contra o sequestro da democracia”, enquanto Guaidó chamava a “família militar” a responder ao seu chamado.

A União Europeia, que também havia apoiado as tentativas golpistas anteriores, declarou que seguirá a situação, e chamaram a realização de novos comícios. Da mesma maneira são seguidores da política imperialista estadunidense.

Já os governos da Colômbia, Argentina e Panamá saíram a apoiar a tentativa de golpe. Bolsonaro chamou uma reunião de emergência, na qual deverá debater como novamente se postar de forma absolutamente subserviente ao imperialismo e seus interesses. Não contente com as renovadas demonstrações de dedicação ao seu amo Donald Trump, Eduardo Bolsonaro viajou a Roraima para “fazer pressão”, e o presidente já começou a publicar seu apoio às manobras golpistas de Guaidó no twitter.

Querendo dizer que o “pior que pode ocorrer é a manutenção de Nicolás Maduro e toda sorte de criminosos no poder com apoio do tráfico de drogas”, Eduardo Bolsonaro novamente demonstra sua capacidade ilimitada para distorcer a realidade e criar ligações imaginárias entre Cuba, Hezbollah, enquanto dentro de seu país seus filhos recorrentemente condecoraram milicianos cariocas.

Esse 1 de Maio deve levantar alto a bandeira do "Fora imperialismo da Venezuela!". Os principais referentes da Frente de Esquerda e dos Trabalhadores da Argentina, encabeçada pelo Partido de los Trabajadores Socialistas (PTS), se pronunciou fortemente contra a tentativa de golpe na Venezuela. Aqui no Brasil, contra mais essa tentativa golpista Marcelo Pablito, Maíra Machado e Felipe Guanieri, militantes do MRT e do Esquerda Diário, se pronunciaram:




Tópicos relacionados

Fora imperialismo da Venezuela   /    MRT   /    Venezuela   /    Internacional

Comentários

Comentar