×
Rede Internacional

YANOMAMIS | Lideranças yanomamis repudiam visita de Bolsonaro a comunidade indígena no Amazonas

Lideranças yanomamis publicaram uma carta de repúdio a visita de Bolsonaro a comunidade Maturacá, em São Gabriel da Cachoeira (AM), que deve ocorrer na quinta-feira (27/05). Bolsonaro é inimigo declarados dos direitos das populações indígenas e apoiador do garimpo que assassina yanomamis.

segunda-feira 24 de maio | Edição do dia

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

O Palácio do Planalto falou apenas de uma visita do presidente a uma cidade do Amazonas, porém militares do 5º Pelotão de Fronteira do Exército (PEF), que fica ao lado da comunidade, informaram os indígenas da visita indesejada. Em live de abril, Bolsonaro já havia dito que pretendia "conversar com indígenas" do estado.

Veja também: Garimpeiros invadem território indígena e atiram bombas contra Yanomamis

Na carta, as lideranças repudiam a visita, que dizem ser para "tratar e tentar acordar conosco a legalização de mineração no território yanomami, portanto, essa não é a nossa ansiedade yanomami." Além disso, exigem que o governo fiscalize os entornos de território indígenas, e evitem invasões, como as de garimpeiros que vêm entrando em conflito com indígenas.

Pedem ainda mais investimentos no Dsei (Distrito Sanitário Especial Indígena), denunciando que faltam medicamentos, pessoal e estrutura, e que os casos de malária vêm crescendo.

A carta foi assinada por 6 lideranças yanomamis locais.

Veja também: A invasão das terras Yanomami, a devastação ambiental e a geopolítica dos EUA




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias